Há muito que pode ser aprendido com a vida de Jesus Cristo para a conquista de um negócio bem-sucedido. Em várias ocasiões no Santo Evangelho escrito por Lucas, ouvimos Jesus Cristo dizendo: ” Eu devo tratar dos negócios de meu Pai“. Ele percebeu a tarefa que Lhe foi dada pelo Pai como o negócio que ele teve que executar com sucesso.

Deus quer que você prospere , mas Ele não descerá do céu para executar as coisas pelas quais você é responsável. Ele abençoa nossos planos (Provérbios 16: 3) e nos fornece a força necessária para realizá-los, como podemos ler nos versículos da Bíblia sobre força . É por isso que podemos dizer sem dúvida que a liberdade financeira cristã é uma realidade que pode ser alcançada. Depende de como você está comprometido em trabalhar duro, permanecendo fiel a Deus enquanto faz uma oração pelo cancelamento de dívidas e avanço financeiro . Recuse-se a ser cético em relação ao dinheiro na Bíblia e aprenda o que a Bíblia diz sobre gerenciamento de dinheiro ou gerenciamento de dinheiro cristão .

Jesus Cristo é um professor qualificado, não apenas em espiritualidade, mas em todos os setores da vida. O tremendo sucesso que alcançou ao tratar dos negócios de seu pai é algo que não pode ser negado por nenhuma pessoa sensata. É à luz de lidar com as finanças cristãs, a fim de facilitar sua jornada para alcançar a liberdade financeira, da maneira de Deus que escrevemos para lhe fornecer conselhos ou sabedoria financeira cristã de Jesus Cristo, referindo-se ao Seu ministério como “negócio” e aos Seus Apóstolos como “membros da equipe” ou “funcionários”. Compreender os seguintes princípios dos Negócios Cristãos trará elementos de respostas à sua oração milagrosa por dinheiro, à medida que o tornam receptivo a milagres financeiros ou dinheiro milagroso .

VEJA TAMBÉM
A herança pode ser sua

1. Jesus preparado para os “negócios”

Planejamento estratégico ou preparação é uma das dicas para o sucesso dos negócios. Todos sabem que Jesus Cristo passa muito tempo se preparando para os negócios de seu Pai. A citação do Santo Evangelho de Lucas, onde Jesus diz que “devo tratar dos negócios de meu Pai”  veio de uma história antes de ele realmente começar os negócios de seu pai. Ele falou essas palavras quando ele tinha em torno de seus 12 anos na Terra. Mas eis que ele realmente começou os negócios de seu pai aos 30 anos. Assim, podemos dizer que Jesus Cristo levou 30 anos para preparar e apresentar estratégias que levarão os negócios de seu Pai ao sucesso. Isso explica por que ainda estamos experimentando o seu “sucesso”, mesmo depois de 2000 anos.

Muitos jovens empresários são frequentemente tentados a entrar em empreendimentos comerciais sem preparar ou criar estratégias para um plano de negócios. Essa abordagem levou muitos a empreendimentos fracassados ??e outros a sucesso nos negócios a curto prazo. Para alcançar o sucesso, você deve levar tempo e preparar-se diligentemente antes de entrar em qualquer empreendimento comercial. O tempo de preparação está relacionado à maximização do seu conhecimento sobre negócios e finanças. Aprenda tudo o que puder dos melhores livros de sucesso comercial e atualize-se regularmente com as habilidades comerciais lendo artigos de sites comerciais e financeiros como Trybusinessandfinance.com .

2. Jesus entendeu a importância do sacrifício no cumprimento de Sua visão e no êxito dos “negócios” de seu Pai.

Estabelecer um negócio de sucesso começa com você e você sozinho. Você estará cometendo um erro contando com os outros. Levar uma empresa a um nível excelente e bem-sucedido leva tempo, trabalho duro e sacrifício pessoal. Ninguém nunca entendeu a importância do sacrifício como Jesus Cristo. Ele sacrificou a própria vida na cruz no Calvário, para que qualquer um que cresse nele pudesse viver. Cristo também fez muitos outros sacrifícios por nossa causa e pelo crescimento do Reino de Deus. Ele não tinha onde recostar confortavelmente a cabeça. A Bíblia diz que ele se mudou de uma cidade para outra pregando o evangelho, que podemos chamar de negócio dele.

VEJA TAMBÉM
Casal da Morte

3. Jesus entendeu que não podia fazer tudo sozinho

Por fim, Cristo enviou Seus discípulos e apóstolos para ajudá-lo ativamente. Jesus Cristo entendeu que não podia fazer tudo sozinho como humano. Fazer tudo sozinho leva ao estresse excessivo e ao esgotamento. Lembre-se de quando Cristo enviou os 72 e lhes deu poder para pisar sobre Satanás e seus agentes. Da mesma forma, você deve delegar pessoas competentes para ajudá-lo a levar seus negócios ao sucesso. Tentar fazer tudo sozinho sem uma equipe está limitando o crescimento do seu negócio.

por: Desemond Mbantoh

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo 

Comente

Participe de nosso grupo no WhatsApp e receba nossas novidades.

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido