Aos 85 anos, ateu se torna cristão “Isso demorou demais”

O ex-governador da Austrália, Bill Hayden, viveu toda sua vida como um ateu, agora reconhece a Jesus Cristo como seu Salvador e é batizado aos 85 anos.

Em resposta à “dor persistente em meu coração e alma sobre o significado da vida”, o ex-governador geral da Austrália, Bill Hayden, um ateísta ao longo da vida, foi recentemente batizado aos 85 anos de idade.

Depois de viver uma grande parte de sua vida em negação do Criador, o ex-político renunciou ao seu ateísmo e se juntou à Igreja Católica. Ele disse que testemunhar tantos atos altruístas de compaixão pelos cristãos ao longo de sua vida – assim como uma temporada de reflexão após um derrame – inspirou sua decisão.

De acordo com The Catholic Leader, Hayden foi batizado na Igreja de Santa Maria em Ipswich, perto de Brisbane, em 9 de setembro. Ele disse na época: “Isso demorou demais e agora vou ser dedicado. Deste dia em diante, vou garantir a Deus”.

Hayden disse ao The Australian que “sempre se considerou” um “companheiro de viagem com o catolicismo“, mesmo declarando que era católico em formulários oficiais, embora nunca tenha feito um compromisso público com a fé.

Eu ia à missa todos os domingos e depois ia à bênção quando era adolescente“, disse ele. “Eu não sabia que não era oficialmente católico e só descobri isso depois, quando minha irmã fez a história da família.”

Em última análise, após seu derrame em 2014, o ex-governador-geral disse que descobriu “mais para a vida do que apenas eu”. Ele continuou: “Eu tive que fazer uma dedicação de mim mesmo pelo bem dos outros, diante de Deus. Eu senti isso com força”.

O padre católico que batizou Hayden, padre Peter Dillon, disse que o conhecido legislador mudou de ideia alguns meses atrás.

VEJA TAMBÉM
Uma Igreja sob a ameaça dos evangélicos e do ateísmo

“Foi uma grande coisa para ele … um ato de submissão ao fato de que não havia como negar a ele que Deus é real e ele descobriu isso“, explicou o padre.

Hayden observou que ele foi solicitado a finalmente se voltar para Deus depois de uma visita ao hospital da irmã da misericórdia Angela Mary Doyle, uma freira de 93 anos famosa por seu trabalho com os pobres. Hayden disse que “sempre se sentiu abraçado e amado por seu exemplo cristão“.

“Dallas (sua esposa), nossa filha Ingrid e eu visitamos recentemente a irmã Angela Mary no Hospital Mater, onde ela era paciente”, lembrou ele. “Na manhã seguinte, acordei com a forte sensação de que eu estava na presença de uma mulher santa. Então, após meditar sobre essas coisas, encontrei o caminho de volta ao âmago dessas crenças – a Igreja.”

Comente

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido