anuncios
Família

APÓS O DIA DAS MÃES

anuncios

zzzzmae2Após o dia das mães…. o que acontecerá?

“The day after” era o título de um filme que foi muito assistido alguns anos atrás. Falava sobre como seria o nosso mundo após uma guerra atômica. Como os sobreviventes tentariam trazer sentido e direção à vida após toda aquela destruição.

“Overdose” é o termo utilizado para fazer referência ao drogado que no desequilíbrio gerado pelo vício toma mais droga do que o organismo consegue processar e entra em coma podendo vir até a óbito.

anuncios

“Deslumbradas” é como se sentem muitas mães neste dia em que os filhos de uma forma toda especial telefonam, escrevem cartões, mandam e-mail, dizem palavras que expressam carinho, amor, dão presentes escolhidos a dedo para agradar aquela que lhes deu a vida.

Graças a Deus por filhos como estes!! Mas como será o depois? O que acontecerá nos 364 dias seguintes?

Nós, seres humanos, temos uma dificuldade incrível de viver vidas equilibradas, coerentes e consistentes. A nossa tendência é concentrar nossa atenção em determinadas coisas em detrimento de outras. E de repente, como que por um passe de mágica, nos esquecemos destas e nos voltamos para as outras. Como é difícil valorizarmos aqueles que nós amamos sem precisar de um aniversário, dia das mães ou a possibilidade de perde-las para sempre através de uma enfermidade? Você tem experimentados esta dificuldade?

Eu gostaria de dar algumas dicas que tem me ajudado:

1. Crie na sua agenda o “dia de você”! É o dia em que você fará alguma coisa “gostosa’ para aquela pessoa que você ama. Faça o que você faria em uma data especial fazendo então este dia um dia especial. Leve uma torta e tome um café da tarde com ela, sente para ouvir suas histórias ou ver aquelas mesmas fotos da família, etc. Atenção e o tempo são os presentes mais preciosos que filhos podem dar às suas mães.

2. Coloque na sua agenda as datas que são especiais para aqueles que você ama: aniversário, casamento, cura de uma enfermidade, aprovação em um concurso… você verá como a pessoa se sentirá amada e valorizada porque você lembrou destas coisas! Com orgulho ela contará para si mesma e para os outros “…o meu filho me ligou…” e “…. minha filha sempre lembra….”.

3. Ao ver a sua mãe acumular anos de vida assuma aos poucos a atitude protetora e acalentadora que tantas vezes abençoou você quando ainda uma criança. Ela agora vai começar a precisar de “um beijo no machucado” para passar a dor e poder voltar às atividades normais da vida!

A Bíblia nos fala deste tipo de amor:

“Meus filhinhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações…..amenos uns aos outros porque o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não o conhece, pois Deus é amor.”

Vamos mostrar este tipo de amor durante todo o ano?

Por: Pr. Roberto Silvado
Fonte:> www.padom.com

Comente

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido

anuncios