Apostasia em ascensão: 4 denominações em menos de uma semana desafiam a palavra de Deus

Homossexualidade na igreja americana. Em todo o cristianismo americano, o compromisso com a sexualidade está desmoronando nos alicerces da santidade.

A Igreja Unida de Cristo (UCC) se autodenomina “a igreja onde Deus ainda está falando“. Aparentemente, a Palavra de Deus está caindo nos ouvidos surdos da liderança.

A UCC, que se considera a principal denominação protestante – reivindicando mais de 1 milhão de membros e cerca de 5.200 congregações nos EUA – anunciou orgulhosamente que servirá como um dos principais patrocinadores dos Jogos Gays. A UCC agora entrará na história cristã como a primeira denominação importante a patrocinar as Olimpíadas homossexuais quando os jogos chegarem a Cleveland, Ohio, em agosto.

Acho que minha mandíbula não deveria ter caído quando li a notícia, considerando que o UCC em abril entrou com uma ação por direitos de casamento gay na Carolina do Norte. Mas não apenas meu queixo caiu, estou balançando a cabeça. J. Bennett Guess, um dos oficiais nacionais da UCC e seu primeiro executivo da igreja abertamente gay, chama de questão de justiça social e diz que a denominação se orgulha de “ser uma voz ousada para o cristianismo progressivo”.

Caso você não esteja familiarizado com o que o termo “cristianismo progressivo” realmente significa, vamos dar um momento para defini-lo. O cristianismo progressivo tem um forte foco na justiça social e no ambientalismo. O cristianismo progressivo se concentra em conceitos como “salvação coletiva” – onde culturas e sociedades inteiras, em vez de apenas indivíduos com fé em Cristo, são resgatadas – e se inclina para uma filosofia econômica marxista. E o cristianismo progressivo não subscreve a doutrina bíblica da inerrância das Escrituras.

Essa última linha explica muito. Por exemplo, explica por que o UCC foi a primeira denominação principal a afirmar direitos iguais de casamento para casais do mesmo sexo. Explica por que o UCC foi o primeiro a ordenar um homem abertamente gay. E, em geral, explica por que o UCC caiu no engano de patrocinar eventos que celebram as pessoas LGBT em vez de tentar amá-las a Cristo.

VEJA TAMBÉM
Você está a combater as suas más atitudes?

Mas mesmo denominações que não se consideram parte do movimento Cristianismo Progressista estão caindo nesse engano. A Igreja Presbiteriana (EUA) votou na semana passada para permitir que seus ministros realizem casamentos gays em estados onde é legal. Na terça-feira, o pastor metodista Frank Schaefer, que foi condenado por oficiar o casamento gay de seu filho, foi totalmente restabelecido e os moravianos votaram pela ordenação do clero gay. Minha pesquisa mostra que há uma lista longa e crescente de denominações de afirmação de gays, incluindo a Igreja Pentecostal Internacional de Afirmação . 

Santos, estamos vendo 1 Timóteo 4:1 se desenrolando diante de nossos olhos. É chamado de Grande Apostasia e está bem encaminhado. Pela inspiração do Espírito Santo, Paulo escreveu: “Agora o Espírito diz expressamente que, nos últimos tempos, alguns se afastarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e doutrinas de demônios…”

Em 2012, escrevi um artigo intitulado ” As grandes decadências já estão em andamento? ” Nele, expliquei que alguns realmente se afastaram da fé porque se envolveram com espíritos enganadores e adotaram doutrinas de demônios. Testemunhamos mais de um homem de Deus, com uma grande plataforma ministerial, dobrando os joelhos a doutrinas como o universalismo , enganando e sendo enganado com essa heresia mortal. Apesar de muitos na igreja terem levantado sua voz contra os ensinamentos heréticos, esses ministros enganados mantêm firme sua doutrina demoníaca.

No artigo, mostro outros exemplos. Eu não imaginaria que 18 meses depois eu teria uma lista transbordante de novas. É por isso que estou orando pelo terceiro Grande Despertar. Estou empenhado em clamar a Deus para ver uma transformação cultural – uma revolução espiritual.

VEJA TAMBÉM
Tempos Difíceis

Embora o Grande Desaparecimento ocorra porque está profetizado nas Escrituras, estou lutando por um reavivamento – um Grande Despertar – que varrerá a nação e fará com que as pessoas voltem a Deus. Eu não vou desistir. O braço do Senhor não é muito curto para salvar, nem seu ouvido é muito abafado para ouvir (Is. 59:1).

Antes de cada um dos últimos Grandes Despertares, o povo de Deus pensava que era impossível – e eles não viram a metade do que estamos vendo. Mas estou convencido de que Deus quer mudar isso – e estou convencido de que Deus pode mudar isso. Nada é impossível para Deus (Lucas 1:37). Um Grande Despertar é a nossa única esperança para esta nação. Você se juntará a mim na oração por outro Grande Despertar?

por: Jennifer LeClaire

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Comente

Participe de nosso grupo no WhatsApp e receba nossas novidades.

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido