Arqueólogos dizem o que Jesus e os apóstolos comeram na Última Ceia

Noticias GospelOs cristãos de todo o mundo comemoraram ontem a Quinta-Feira Santa, o dia em que de acordo como o Evangelho, foi celebrada a Última Ceia. Este momento tem sido retratado em muitas pinturas. Leonardo Da Vinci, autor de uma das mais famosas, não coloca sobre a mesa nada mais do que pão e vinho. Mas dois arqueólogos italianos opinaram em dizer que a ceia pode ter sido um pouco mais abundante e variada.

Generoso Urciuoli e Marta Berogno tem reconstruído a lista dos possíveis pratos que haviam comido Jesus Cristo e seus discípulos mais próximos na Última Ceia, informa a ‘Discovery’. “Os versículos do Evangelho de João indicam que Judas se encontrava ao lado de Jesus, provavelmente a sua esquerda. De fato, se nos diz que Judas molhou o pão no prato de Jesus, seguindo a pratica de compartilhar a comida de um prato comum”, disse Urciuoli. “A Bíblia conta o que ocorreu durante o jantar, mas não especifica o que comeram Jesus e seus 12 companheiros”, disse Urciuoli, ao indicar que a obra de Leonardo Da Vinci é muito simbólica, “mas não nos ajuda sobre isso“.

Comparando os dados históricos e as pistas que oferecem as pinturas nas catacumbas do século III d.C., os pesquisadores são capazes de reconstruir os alimentos e hábitos alimentares da Palestina há dois milênios. Baseando em seus estudos, os arqueólogos acreditam que o menu da Última Ceia poderia ter incluído algo a mais do que pão ázimo e vinho: um cozido de legumes chamado ‘cholent’, ‘charoseth’ (um prato de sabor doce), azeitonas com hissopo, ervas amargas com psitache e pasta de nozes.

“O ponto de partida para supor tudo isso é que Jesus era um judeu”, explica o arqueólogo. “Jesus e seus discípulos observavam as tradições transmitidas pelo Torá e suas proibições em relação à comida”, concluiu o cientista. Urciuoli, que se especializou na história do cristianismo primitivo, no centro de Petrie da Itália e sua colega Marta Berogno, arqueólogo e egiptóloga do Museu Egípcio de Turim, publicaram os resultados de suas pesquisas no mês que vem no livro “Gerusalemme: L “A Última Ceia” (Jerusalém, a Última Ceia).   – RT

Portal Padom

Deixe a sua opinião!
VEJA TAMBÉM
Billy Graham comemora 92 anos, buscando ainda mais trabalho

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido