Cantora gospel Marcela Taís, revela que foi abusada na infância

Cantora gospel, Marcela Taís revela que foi abusada várias vezes por um 'parente confiável', "Aconteceu, e veio por onde menos se esperava... fiquei mt confusa e com medo, entrei em pânico, não consegui reagir”

529

A cantora gospel Marcela Taís, na noite da última segunda-feira, publicou um desabafo em sua conta no Instagram, onde revelou que sofreu abuso sexual quando tinha apenas 10 anos de idade.

Marcela, publicou uma foto em que aparece segurando uma folha com a frase “Eu Sobrevivi”, onde na legenda ela revela aos seus seguidores, esse triste acontecimento que aconteceu com ela quando ainda era uma criança.

A cantora de 31 anos, conta que embora seus pais fossem cuidadosos, mesmo assim não foi impedida de ser abusada por um parente ‘confiável’.

“…embora tenha tido pais tão cuidadosos ao ponto de na infância nem me deixarem dormir na casa das amiguinhas, não deixarem eu sentar em colo de adultos e até trancarem a porta do meu quarto quando alguma visita dormia em nossa casa por menos suspeita que fosse…”

Ela relata dizendo que “Aconteceu, e veio por onde menos se esperava, sofri um abuso sexual. Não foi um estupro, foram carícias indevidas diversas por um longo período, fiquei mt confusa e com medo, entrei em pânico, não consegui reagir. Ñ havia socorro, todo mundo sabia que eu estava passeando na fazenda com ‘um parente confiável’.”

Os abusos fizeram com que ela tivesse um sentimento que iria morrer. “Eu achei que morreria (Mas por dentro). Tinha *10 anos…”. Ela conta, que ela demorou para contar aos seus pais o que estava acontecendo, pois queria “poupar a esposa e os filhos do homem”, atitude que ela não recomenda que ninguém faça.

“Pais, não confiem em ninguém”, alertou a cantora gospel.

Abaixo, o texto na íntegra da cantora gospel Marcela Taís em que revela que foi abusada na infância.

marcelataisoficial– Eu achei que morreria (Mas por dentro). Tinha *10 anos, e embora tenha tido pais tão cuidadosos ao ponto de na infância nem me deixarem dormir na casa das amiguinhas, não deixarem eu sentar em colo de adultos e até trancarem a porta do meu quarto quando alguma visita dormia em nossa casa por menos suspeita que fosse… Aconteceu, e veio por onde menos se esperava, sofri um abuso sexual. Não foi um estupro, foram carícias indevidas diversas por um longo período, fiquei mt confusa e com medo, entrei em pânico, não consegui reagir. Ñ havia socorro, todo mundo sabia que eu estava passeando na fazenda com “um parente confiável”. (Pais, não confiem em ninguém.) Meu pai e irmão foram meus heróis após saberem, doeu ver a angústia profunda e a frustração deles por não terem estado ali e, minha mãe meu socorro emocionalmente… O problema é q demorei 3 anos p/ contar por ser um parente, quis poupar a esposa e os filhos do homem… (NÃO façam isso) Até um dia q lembro-me desmoronar no chão da cozinha qndo minha mãe, depois de tanto tempo insistindo, me perguntar angustiada: “Filha, você mudou! Era tão alegre e doce, agora é triste, o q aconteceu?”. Ouvir aquilo me quebrou, Deus não havia me feito p/ ser amarga! Sou viva demais p/ aceitar viver pela metade! Durante mts noites chorando orei: “Ou isso me mata ou isso me fortalece! Deus, não irei te culpar embora não compreenda o porquê, mas, se o Senhor prometeu q todas as coisas cooperam p/ aqueles que te amam, eu quero uma resposta.” Sem saber, meu Ministério havia começado ali. Aprendi ser muito mais amável e entender a dor do próximo, por isso quis ajudar com canções, decidi trocar maldição por bençãos, manter a esperança! Ñ aceitei o refúgio da “pena”, ñ aceitei vida manca, a culpa não era minha! Inclusive, perdoei quem me feriu, ñ que isso o liberou do erro, mas me liberou, voei alto em todos os sentidos e áreas da minha vida. Ter fé me fez sobreviver, Deus é justo e recompensador, ampara com amor avassalador. NÃO deixe a tristeza vencer, Ele pode curar qualquer ferida! Participe desta corrente encorajadora, conte sua história, tire foto com um papel escrito esta frase e use a tag #EuSobrevivi • #SetembroAmarelo

Reação nas redes sociais após revelação de Marcela Taís

Até o fechamento desta matéria, a postagem da cantora gospel Marcela Taís contava com 86.243 curtidas e centenas de comentários. Marcela usou a hashtag #eusobrevivi e #SetembroAmarelo, pois neste mês está sendo realizado uma campanha de conscientização e prevenção ao suicídio, e muitos dos casos de suicídios vem de pessoas que foram vítimas de abusos sexuais.

Entre os comentários, muitas outras jovens, adolescentes e mulheres com idade avançada, relatam que também sofreram abusos na infância. (veja os comentários aqui)

Parabenizamos a coragem da cantora Marcela Taís em falar sobre assunto tão delicado. Entramos em contato com ela, até o momento não obtivemos respostas.

Deixe a sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here