Cruzadas muçulmanas convertem milhares de cristãos ao Islã

Notícias gospel – Um clérigo egípcio lançou uma campanha maciça nos últimos anos onde tem como objetivo converter muitos cidadãos de vários países africanos ao Islã. Ele tem como maior meta, pregar nas aldeias cristãs da África tentando convencê-los a atestar publicamente que “Jesus Cristo foi apenas um servo de Deus e mensageiro de Maomé”.

De acordo com a reportagem do jornal Times of Israel, o Sheik Wahid Abd Al-Salam Bali levou juntamente consigo na missão, várias delegações de pregadores para implantar a islamização nas aldeias africanas.

AfAs delegações tem visitado os países como Malawi, Uganda, Tanzânia e Gana, de acordo com o Instituto do Oriente Médio Research (MEMRI). O grupo de fiscalização postou clipes do clérigo na África, em um dos dias das cruzadas.

Em sua página na rede social, o sheik mostra sua campanha de sete dias realizada no Malawi no inicio do mês de novembro onde conseguiu converter cerca de 4.379 cristãos ao islamismo.

Na campanha os mensageiros do Islã pedem que os cristãos realizem declarações públicas sobre a fé religiosa muçulmana atestando as palavras “Eu atesto que não há deus senão Alá e que Maomé é o Seu Mensageiro”, os pregadores ainda adicionam nas declarações públicas proferidas “Atesto que Jesus é o servo de Deus”.

Os muçulmanos têm como objetivo converter o mundo ao islamismo e grandes movimentos têm explorado principalmente os países do continente africano visando converter o maior número de fiéis a religião do Islã.

VEJA TAMBÉM
Fotógrafos cristãos fecham estúdio para não tirar fotos de casamentos gays

Curta nossa página no Facebook e mantenha-se informado sobre o melhor conteúdo gospel da atualidade.

Portal Padom

André Santos

Comente

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido