Curiosidades de Israel – Calendário judaico

bandeira-de-israel
Uma das primeiras informações que um turista que viaja a Israel precisa ter é a de que lá a semana começa no domingo, que é um dia útil como qualquer outro, e termina na quinta-feira. Portanto, sexta-feira e sábado são o final de semana no país.
O dia judaico começa no crepúsculo e vai até o pôr do sol do dia seguinte. O descanso de Shabat, ordenado a todos os judeus no Antigo Testamento, tem início no pôr do sol de sexta-feira e vai até o final do dia de sábado.
Domingo, em hebraico, é Yom Rishon, que significa “primeiro dia”. É como se fosse a segunda-feira no Brasil. Os bancos abrem, o comércio funciona, todos trabalham e estudam.
Desde os tempos bíblicos
O calendário respeitado pelos judeus existe há mais de 3,3 milanos e começou com Moisés. Segundo a Bíblia, Deus teria mostrado a ele a lua nova duas semanas antes da libertação do povo de Israel do Egito.
Por isso, diferentemente do calendário gregoriano, aquele usado na maioria dos países ocidentais, inclusive no Brasil, os meses no calendário judaico são baseados na lua. Um mês começa sempre no primeiro dia de lua nova.
Para muitos judeus ortodoxos, o calendário lunar é a única referência, enquanto que para a maioria dos judeus no mundointeiro, mesmo que não respeitem esse calendário no dia-a-dia, ele é utilizado para que se orientem sobre as datas de suas festividades e feriados sagrados.

Arca Universal / Portal Padom

Deixe a sua opinião!
VEJA TAMBÉM
Como se explica a parábola das dez virgens?

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido