Deputada recebe a notícia do assassinato de sua filha durante sessão na Câmara (Vídeo)

Durante a sessão da Câmara dos Deputados, deputada recebe um telefone em que informam que sua filha foi assassinada em uma academia. Assista!

A sessão realizada na Câmara dos Deputados no México, na última quinta-feira, foi interrompida depois que a deputada Carmen Medel recebeu uma chamada telefônica, lhe informando que sua filha havia sido assassinada.

Assassinaram a minha filha, assassinaram a minha filha!“, gritava desesperadamente Medel enquanto sofria um colapso nervoso e vários de seus colegas legisladores tentavam tranquilizá-la. Da tribuna os deputados foram chamados para apoiar Medel em um “momento de extrema gravidade“.

A filha da deputada do partido Morena, se chama Valeria Medel, ela nasceu em Coatzacoalcos, Veracruz, a jovem foi morta a tiros dentro de uma academia na Ciudad Mendoza enquanto estava se exercitando. Aos 22 anos de idade Valeria era aluna da Faculdade de Medicina da Universidade Veracruzana.

O fato foi confirmado pelo presidente do partido Movimento Nacional de Regeneração Nacional (Morena), Manuel Huerta Ladrón de Guevara.

Os primeiros relatórios policiais indicam que a vítima foi baleada por indivíduos desconhecidos, que depois de cometer o crime fugiram. O local foi cercado por agentes da Procuradoria Geral do Estado (FGE) e do Ministério da Segurança Pública (SSP).

Sessão suspensa

Depois de ser informada sore o assassinato de sua filha, a deputada Carmen Medel recebeu amostras de solidariedade de seus colegas legisladores.

Como resultado desse fato, a sessão plenária da Câmara dos Deputados decidiu suspender a sessão.

Um grupo de deputados se puseram em pé diante da tribuna para exigir que o crime não ficasse impune com o grito de “justiça, justiça!”.

O ano de 2018 está emergindo como o ano mais violento da história recente do México, desde a Revolução Mexicana, com mais de 25.000 assassinatos até setembro deste ano.

VEJA TAMBÉM
Igrejas denunciam massacre de civis no centro do Sudão
Momento em que deputada sabe do assassinato da filha.
Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido