Pergunta – Bom dia Pastor. Ha cinco anos atrás tive um relacionamento ilícito com um diácono casado que me seduziu quando frequentava a igreja como nova convertida. No começo ele me dava caronas e pelo fato de ser crente não via problema nisso, mas com o tempo ele começou a demonstrar interesse por mim e eu (infelizmente) por ele.

Acabou que ele em uma dessas caronas conseguiu me beijar e fui para cama com ele (eu era virgem). Ficamos alguns meses nesse relacionamento ate que conheci um rapaz solteiro (hj meu ex) e não quis mais ficar com ele, pelo fato de ter me apaixonado pelo solteiro e ter me tocado no quanto eu errei em ter ficado com um cara casado.

Enfim, hoje estou namorando firme e forte com planos de casar com uma terceira pessoa que também e crente e demonstra me amar muito e ser bom comigo. O problema e que mesmo depois de tanto tempo esse cara casado vem atrás de mim dizendo não me esquece, que até deixaria a esposa por minha causa (eu nunca desejei isso!) que é louco por mim e não me tira da cabeça dele. Hoje de novo veio bater na minha porta insistindo, mas não abri fingindo não estar em casa.

Minha duvida e, se existe alguma entidade maligna que o acompanha fazendo a cabeça dele pra não me esquecer depois de tanto tempo, pois nota-se que ele não ta liberto,e se existe alguma maldição em minha vida por causa disso, mesmo eu estando muito arrependida do que aconteceu, eu ter confessado meus erros a Deus e abandonando esse pecado terrível. E ainda me sinto culpada pelo passado, que se pudesse voltar faria diferente, porque tudo que eu mais queria era que ele me deixasse em paz e não fosse mais atormentada por esse passado. Pois quero uma vida honesta e restaurada por Jesus servindo ao meu Deus. Aguardo uma resposta, por favor! – amiga

Pastor Rafael Granetto, responde: A Paz do Senhor.

Um grande problema dos jovens em sua maioria é o de não saberem lidar de forma santa com sua vida emocional e isso, às vezes, faz com que tomem atitudes erradas que podem ter consequências para vida toda. Em particular, lamento muito por você ter tido essa experiência com esse “diácono” e principalmente sendo uma nova convertida. Infelizmente há muitos maus obreiros que não são espirituais, vivem na carne, procurando sempre satisfazerem os desejos mais nojentos sem nenhuma preocupação com a imagem que passam, com seus testemunhos. Você foi vitima disso, mas saiba que a Igreja de Cristo não é isso. Não tenha uma interpretação má do Evangelho por causa desse “diácono”. Ore para que ele se arrependa e se converta. Deus não quer a ruína da família dele e nem a ruína dele. Caso ele se arrependa e confesse o pecado que cometeu tudo pode ser restaurado. Esquecer ele não vai esquecer, mas aprenderá a lutar contra essas lembranças. Foi isso que aconteceu com você.

Quando há arrependimento há o perdão e por consequência a restauração. Não conseguimos nos livrar das lembranças nojentas do passado, mas podemos fechar as portas para que elas vão embora, assim como você tem feito. A Palavra de Deus diz que satanás nos acusa mesmo, e nos acusa de dia e de noite “…porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite” (Apocalipse 12:10). Essa é a essência dele, ser acusador. Observamos isso em (Zacarias 3: 1-5)

E ele mostrou-me o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do SENHOR, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor.

Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo?

Josué, vestido de vestes sujas, estava diante do anjo.

Então respondeu aos que estavam diante dele, dizendo: Tirai-lhe estas vestes sujas. E a Josué disse: Eis que tenho feito com que passe de ti a tua iniquidade, e te vestirei de vestes finas.

E disse eu: Ponham-lhe uma mitra limpa sobre a sua cabeça. E puseram uma mitra limpa sobre a sua cabeça, e vestiram-no das roupas; e o anjo do Senhor estava em pé.

Com uma visão que Zacarias teve a respeito do Sumo Sacerdote Josué percebemos claramente o que acontece no mundo espiritual. É natural que cada um de nós nos sujamos com o pecado e também é natural que satanás venha nos acusar, mas também é natural que Deus nos forneça vestes lavadas com o sangue de Jesus e a oportunidade de andarmos em novidade de vida “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado” (1 João 1:7). “E da parte de Jesus Cristo… Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados” (Apocalipse 1: 5).

Você foi perdoada a partir do momento que se arrependeu, confessou e deixou o pecado. Agora você esta em Cristo e não há mais maldição alguma sobre sua vida, pois tudo se fez novo “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Coríntios 5: 17)

Durante nossas vidas, vivemos com essa realidade: O diabo é o acusador; Jesus é quem nos justifica; O que precisamos, sabendo dessa realidade, é agirmos de maneira sóbria vivendo uma vida em oração e mantendo a fé ativa constantemente para não sermos alvejados pelos dardos inflamados do maligno. É isso que a Bíblia nos recomenda: “Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno” (Efésios 6: 16).

Espero de coração que você consiga vencer essa situação, conte sempre conosco. Que esse texto possa ter-lhe ajudado.

Na Paz dEle que nos ama, nosso Senhor Jesus Cristo, amem

por: pr. Rafael Granetto

Então, quem quiser enviar perguntas para nossa seção Pergunte ao Pastor, clique aqui!

Portal Padom

COMPARTILHE

Deixe seu comentário!

comentarioo