É tempo de odiar – e Sim, Isso é Bíblico

A verdade é que o ódio não é o oposto do amor. Porque por muito tempo as pessoas foram enganadas em acreditar que o ódio é o oposto do amor, nós também começamos a acreditar que o ódio em si é um pecado.

Muitas vezes tem sido dito que o ódio é o oposto do amor. Uma vez eu, como a maioria das pessoas, aceitei essa premissa como se fosse verdade. A verdade é que o ódio não é o oposto do amor. Porque por muito tempo as pessoas foram enganadas em acreditar que o ódio é o oposto do amor, nós também começamos a acreditar que o ódio em si é um pecado. Afinal, se o ódio é o oposto do amor, então se o amor é bom, o ódio deve ser mau.

O resultado disso é que temos milhões de crentes que desistiram de uma das emoções mais poderosas dadas por Deus porque estamos convencidos de que o ódio é mau. A verdade, no entanto, é que, como crentes, não nos é permitido apenas odiar, mas encorajados pela Escritura.

Por exemplo, em Provérbios 8:13 (TLV), nos é dito: “O temor do Senhor é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio. -a”.

Salmo 119: 163 diz: “Abomino e odeio a mentira; mas amo a tua lei.”

E Salmo 45: 8 “Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros.

O ódio é uma emoção forte, muitas vezes mal utilizada e mal aplicada na vida dos crentes, porque nos foi ensinado que o ódio era pecaminoso. Há absolutamente ódio que é pecaminoso, mas o ódio em si não é pecaminoso.

Deixe-me dar alguns exemplos. Eu odeio câncer. Eu odeio o assassinato de bebês pelo horror do aborto. Eu odeio a divisão causada pelo racismo. Eu odeio o divórcio, que destruiu muitas das nossas famílias. Eu odeio o pecado e seus resultados sobre toda a humanidade. Eu odeio o mau ensino que faz com que os crentes acreditem que eles não podem ser justos e odiar ao mesmo tempo.

VEJA TAMBÉM
Missionária lamenta que muitas igrejas estão se vendendo para crescer

O ódio é exatamente como devemos nos sentir sobre o pecado e seus resultados na criação. O ódio é uma forte emoção projetada por Deus para fornecer energia nos corações daqueles que O servem, a fim de nos encorajarmos a nos erguermos e combatermos os inimigos que vêm contra o Seu reino. Mas como aqueles que acreditam em Deus estão convencidos de que não podemos odiar, o inimigo sabe que uma das poderosas armas que Deus forneceu ao Seu exército foi removida de nossa armadura espiritual e nos enfraqueceu dramaticamente.

A verdade é que o amor não é o oposto do ódio, mas o amor justo pode causar ódio justo. Sim, há ódio incorreto, mas isso será um tópico para outro artigo. Outro exemplo: eu tenho muitos amigos e familiares que morreram de câncer, então meu amor pela minha família e amigos trouxe meu ódio pelo câncer. Tenho familiares e amigos cujas famílias foram destruídas pelo divórcio, levando-me a odiar o divórcio. Eu poderia continuar, mas você já deve ver o padrão. Meu ódio pelo câncer me encorajou a estudar sobre cura, apoiar pesquisas e até mudar alguns dos meus próprios padrões de estilo de vida.

Meu ódio pelo divórcio levou-me a passar mais tempo aconselhando as pessoas antes e depois do casamento. Isso fez com que eu encorajasse as pessoas a pastorear a construir relacionamentos fortes umas com as outras e a priorizar suas vidas para que pudessem colocar seus casamentos em primeiro lugar.

O ódio não foi dado a nós para que simplesmente sentíssemos uma emoção, assim como o amor não era dado apenas pelo sentimento. Recebemos as duas emoções pelo design para nos ajudar a sermos fortes em nossa fé. Estamos em uma guerra espiritual e, para vencer uma guerra, você precisa ter amor e ódio. Você luta pelo que ama e luta contra o que odeia.

VEJA TAMBÉM
Homossexualismo - Cuidado com a sexolatria

O fundamental é que devemos odiar tanto o inimigo de nossas almas e suas mentiras que odiamos que ele tenha roubado nossa capacidade de odiar.

por: Eric Tokajer
traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido