Editora de “The Walking Dead”, lançará quadrinhos retratando Jesus Cristo como assassino selvagem que decapita inimigos com espada

Quadrinhos "JesusFreak", será lançado pela editora de The Walking Dead, retratará Jesus Cristo com assassino selvagem que decapita inimigos com espada

A editora responsável por “The Walking Dead” lançará em breve sua última graphic novel, “Jesusfreak”, que caracteriza Jesus Cristo como um assassino selvagem que decapita seus inimigos com uma espada giratória.

Chegando às prateleiras 20 de março – meio da Quaresma – o polêmico quadrinho é descrito como “um conto sangrento de ficção histórica heróica com um jovem carpinteiro nazareno que está tendo dificuldade em encontrar seu lugar no mundo violento ao seu redor”.

Do escritor Joe Casey e artista Benjamin Marra, uma cena nos quadrinhos retrata o Filho de Deus cortando as cabeças de seus inimigos fora, que são descartados em uma pilha encharcada de sangue no chão, de acordo com a Deadline pré-visualização do livro.

Casey disse SyFy.com que o projeto “não provém de qualquer experiência religiosa ou qualquer experiência pessoal“, acrescentando: “Honestamente se eu adoro qualquer coisa, é os quadrinhos que eu li como uma criança que me inspirou a fazer isso por um vivo. Essas são as coisas que contêm muita magia para mim “.

Ao escrever o romance, Casey disse que “nunca foi à Bíblia para qualquer tipo de material de referência”.

Eu não precisava“, disse ele. “Por um lado, o período com o qual estamos lidando diz respeito aos anos da vida de Jesus que não estão realmente cobertos na Bíblia, no pré-ministério de Jesus. Portanto, não estamos recontando nem referenciando os evangelhos de nenhuma maneira ou forma. Além disso, os evangelhos são basicamente histórias de fogueira. E onde os evangelhos são destinados a ilustrar um certo ethos religioso, o que estamos fazendo em JesusFreak é muito mais visceral, enquanto ao mesmo tempo mais historicamente exato. Estamos lidando com o mito e a metáfora de uma maneira muito diferente ”.

Casey explicou ainda em uma declaração que “Jesusfreak” é “menos inspirado por quaisquer tradições religiosas estritas e está mais preocupado em explorar a tensão única que existe entre retratar uma figura mítica e uma figura histórica – uma tensão que é composta quando, para muitos “Eles são considerados a mesma pessoa. É também uma chance para Marra e eu entrarmos em um estilo específico de contar histórias de celulose que achamos que se encaixa perfeitamente nesse material.”

VEJA TAMBÉM
Jesus de volta às paradas?

“Jesusfreak” vem depois que a série satírica “Second Coming” foi publicada pela DC Vertigo depois de críticas sobre o enredo “blasfemo” da novela gráfica.

“Second Coming” retratou Cristo fazendo um retorno moderno como um super-herói em treinamento que “aprende o que é preciso para ser o verdadeiro messias da humanidade, tornando-se companheiros de quarto com o salvador favorito do mundo: o todo-poderoso super-herói Sun -Homem, o último filho de Krispex.

Os quadrinhos provocaram uma intensa reação, com 200.000 pessoas assinando uma petição contra o seu lançamento: “Você pode imaginar a mídia e o tumulto político se a DC Comics estava alterando e zombando da história de Muhammad … ou Buda?”, Perguntou a petição.

Esse conteúdo blasfemo não deve ser tolerado”, afirmou a petição. “Jesus Cristo é o Filho de Deus. Sua história não deve ser ridicularizada por causa da venda de revistas em quadrinhos ”.

Em 13 de fevereiro, o criador Mark Russell confirmou via Twitter que a série tinha sido cancelada: “O cancelamento da DC / Vertigo das ordens para a Segunda Vinda, só para você saber, DC não fez nada desagradável para mim“, escreveu Russell . “Eu pedi os direitos de volta e eles concordaram graciosamente. Eles têm sido um prazer trabalhar com isso e ainda será lançado, embora com uma editora diferente. ”

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido