Estado islâmico usa, Lionel Messi em ameaça de ataques durante a Copa do Mundo 2018

A imagem perturbadora mostra a estrela de Barcelona Lionel Messi, atrás das grades em tentativa do Estado Islâmico de espalhar o medo antes do torneio na Rússia .

Perdendo territórios diariamente na Síria, os terroristas do Estado Islâmico decidiram mostrar que ainda tem apoiadores em todo o mundo. Eles postaram na web um cartaz onde Lionel Messi aparece com um dos olhos sangrando, vestindo roupas de um presidiário com o nome escrito.

Esta campanha de terror associa a Copa do Mundo de 2018 na Rússia, um dos países responsáveis pelas grandes derrotas do Estado islâmico no Oriente Médio.

A imagem, lançada pela Wafa Media Foundation, uma espécie de porta-voz do estado islâmico, é acompanhada da frase “Você está lutando contra um estado que não tem a palavra fracasso em seu dicionário”.

Na semana passada, o Estado islâmico divulgou outro cartaz, que mostrou o símbolo da Copa do Mundo ao lado de um homem com uma máscara, com a ameaça: “Espere por nós”.

Além disso, o Wafa publicou um cartaz exibindo um jihadista perto do Estádio Luzhniki em Moscou, onde ocorrerá a abertura da Copa. Acima, a frase: “Inimigos de Alá na Rússia, eu juro que o fogo dos mulahedines [os combatentes santos] irá queimá-los. Espere “.

Essas imagens e slogans visam inculcar medo em turistas que desejam viajar para a Rússia, um país que apoia incondicionalmente o governo sírio. Os atentados russos destruíram mais de 900 campos de Estado islâmicos na Síria.

Portal Padom

Deixe a sua opinião!
VEJA TAMBÉM
A maioria dos britânicos acreditam que cristão devem ser livres para seguir sua fé

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido