Evangelista curada de câncer terminal revela 3 coisas que podem estar bloqueando seus milagres

Após ser diagnosticada com câncer terminal no ovário, evangelista cristã busca a direção de Deus, que a revelou o porque ela não recebia o seu milagre. Saiba aqui o que pode estar impedindo o seus milagres.

Dois terços dos cristãos britânicos dizem que experimentaram o sobrenatural, de acordo com um estudo recente. E um em cada quatro teve essa experiência nos últimos sete dias, de acordo com o Premiere.org ,e a maioria dessas experiências envolveu orações e curas.

Um novo livro ajuda a explicar o sobrenatural e por que os cristãos devem esperar ver seus próprios milagres de Deus.

Aos 94 anos de idade, a evangelista Mickie Winborn ainda administra um ministério em sua casa em Houston, Texas.

Ela publicou recentemente seu terceiro livro, Stepping into the Supernatural (Entrando no Sobrenatural), que documenta suas viagens ao redor do mundo, de zonas de guerra como o Panamá durante a invasão dos EUA, para a China, onde ela contrabandeava Bíblias em sua mala.

Winborn diz que escreveu o livro para ajudar as pessoas.

Há realmente um sobrenatural, é claro. Infelizmente, há um de escuridão e um de luz“, explicou ela. “As pessoas não querem ouvir isso, mas é por isso que se você tem uma experiência sobrenatural, se não for validada na palavra de Deus, esqueça”.

Winborn, um ministro ordenado, serviu o Senhor apaixonadamente por quase 75 anos.

Ela diz que é normal para os cristãos receberem dons do Espírito Santo que se alinham com as Escrituras na Bíblia, como milagres, curas e profecias.

Eu vi ele fazer milagres incríveis, e você sabe, alguns deles são realmente de tirar o fôlego“, disse ela à CBN News. “As pessoas saem de cadeiras de rodas e andam. Tivemos muitos membros alongados, pernas de braços alongadas.”

Winborn sabe em primeira mão o medo e a dor que vem com a doença. Aos 30 anos, ela foi diagnosticada com câncer de ovário terminal.

VEJA TAMBÉM
"Sua luta acabou", morre principal voz do movimento conservador americano – câncer

Depois de meses de fervorosa oração, junto com tratamento médico, ela diz que Deus revelou seu pecado não confessado em sua vida, incluindo a teimosia que a Bíblia compara à idolatria em 1 Samuel 15:23.

Eu estava totalmente inconsciente, inconsciente, de estar naquele pecado”, disse ela. “Eu era cristão. Na verdade, eu estava me tornando um líder cristão. Mas o Senhor é fiel e o Espírito Santo também me disse como orar e que era orar por misericórdia”.

Ela prossegue dizendo: “A Palavra de Deus diz que suas misericórdias são novas a cada manhã, e qualquer um que precise de cura e não saiba orar, apenas ore: ‘Preciso de misericórdia Senhor, tenha piedade de mim’”.

O Winborn está livre do câncer há quase 60 anos, algo que os médicos confirmam. Ela até mesmo compartilhou seu testemunho no “The 700 Club” da CBN nos anos 70.

Agora, ela ora para que os outros experimentem a mesma misericórdia que Deus lhe mostrou.

Ela também fala sobre por que algumas pessoas oram, mas nunca vêem a cura que desejam tão desesperadamente.

Minha experiência tem sido três razões: medo, incredulidade e falta de perdão“, observou ela. “O principal é a falta de perdão, e Deus diz que Ele nos perdoou muito; devemos perdoar os outros. Se quisermos que nossas orações sejam respondidas, devemos perdoar.”

Ela continua dizendo que a obediência à Palavra de Deus é vital para esperar seus próprios milagres.

Podemos colocar nossa vida em Suas mãos quando obedecemos a Suas Palavras“, explicou ela. “Se permanecermos baseados nas escrituras, não cairemos em buracos. Se obedecermos a Deus, teremos uma boa vida.”

Além de vender seus livros, Winborn fala em igrejas, especificamente para estudantes universitários e a geração mais jovem, como seus filhos e bisnetos.

VEJA TAMBÉM
A cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio

Ela não tem planos de se aposentar tão cedo.

“Eu fui ao Senhor três vezes para me aposentar“, disse Winborn. “De qualquer forma, ele não queria que eu descansasse, e eu não voltei para Ele desde então, então você vai entender o porquê, então, consequentemente, eu vou tirar férias. É sobre isso.”

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido