Evangelistas geram confusão em metrô, ao pregar sobre morte e inferno

Evangelistas são confundidos como terroristas em metrô em Valência

131

A Polícia Nacional prendeu nove homens evangelistas, de origem alemã, depois que eles desencadearem pânico no metrô de Valência fazendo proclamações religiosas e gritos alarmantes para os demais viajantes, como “somos todos pecadores“, “vamos morrer” ou ” nós queimaremos no inferno “.

De acordo com à Polícia Nacional, o incidente ocorreu no sábado às 22:45 horas, quando um grupo de pessoas entrou em um vagão da linha 3 da Metrovalencia com uma grande cruz e distribuindo panfletos com proclamações religiosas.

Entre as proclamações, eles gritaram frases com um megafone como “somos pecadores“, “vamos morrer” ou “vamos queimar no inferno“, e sobre drogas e religião, o que causou um grande alvoroço nos passageiros, fazendo com que muitos acreditassem que eles fossem terroristas.

Diante de toda confusão, o condutor parou o metrô quando circulou entre as paradas Xàtiva e Alameda.

Diante dos gritos dos homens, que carregavam uma grande cruz e mochilas, os passageiros “ficaram com medo” e, quando o metrô parou, eles correram, no alvoroço para descer do vagão uma jovem ficou levemente ferida.

Os agentes da Polícia Nacional que identificaram e detiveram os nove homens, de nacionalidade alemã e entre 19 e 37 anos de idade, que se recusaram em deixar o vagão a pedido dos seguranças particulares de Metrovalencia.

Os nove detidos estarão à disposição do tribunal de polícia de Valência, e terão que pagar uma multa de 12 mil euros para sair da prisão

 

Deixe a sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here