Exército condecora Bolsonaro por ter salvo vida de soldado em 78

Jair Bolsonaro é homenageado pelo Exército por ato de coragem e bravura por ter salvo a vida de soldado durante atividade de instrução militar em 1978

Na manhã da última quarta-feira, 5/12, o presidente eleito Jair Bolsonaro, foi condecorado pelo Exército, com uma Medalha do Pacificador com Palma, sendo essa considerada uma das mais graduadas honrarias da Força.

A láurea não foi concedida, segundo o Exército, devido à eleição para Presidente da República. Em nota, a instituição afirma que a medalha é o reconhecimento por um ato de Bolsonaro ocorrido em 1978.

No texto, é informado que o capitão reformado impediu que um soldado se afogasse durante uma atividade de instrução militar, “tendo se distinguido, nessa ação meritória, por sua abnegação, coragem e bravura, com eminente risco da própria vida”.

Segundo informações, a cerimônia ocorreu com a presença do Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas. A Medalha do Pacificador com Palma tem como objetivo evocar as homenagens prestadas a Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias.

Deixe a sua opinião!
VEJA TAMBÉM
Pr. Silas Malafaia, classifica a matéria da Forbes, como uma 'safadeza'

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido