Fim dos Tempos – É realizado o 1º Encontro de Evangélicos Maçons no Rio

Fim dos Tempos mesmo! Navegando pelo blog do meu irmão em Cristo Paulo Teixeira, Holofote, encontrei uma noticia em vários ‘evangélicos’ estiveram participando de um Encontro de Maçons Evangélicos.
Esse encontro foi organizado pelo Grande Oriente do Rio de Janeiro, no dia 03 de agosto, no Hotel Guanabara, a noticia originalmente foi postada no site maçon “Grande Oriente do Estado de Goiás”.

Esteve presente a este evento o deputado federal João Campos, que é um dos líderes da Frente Evangélica na Câmara dos Deputados, e é membro da Igreja Assembléia de Deus de Goiás. Também este neste evento outro deputado assembleiano, dessa vez o Deputado Estadual Daniel Messa.

O que será que esta acontecendo com as lideranças evangélicas? Com os evangélicos no geral se aliando a uma seita?

Leia a reportagem abaixo a integra

NOTÍCIAS DO GOEG

1º ENCONTRO DE EVANGÉLICOS MAÇONS
NO ORIENTE DO RIO DE JANEIRO

Com mais de 60 irmãos, foi iniciado no dia 03 de agosto, no Hotel Guanabara, Rio de Janeiro, o Movimento de Integração dos Evangélicos Maçons. O desejo dos Irmãos evangélicos é uma prática maçônica muito harmoniosa.

Diversos testemunhos foram dados, quando todos em comunhão, entoaram o hino que muito demonstra sobre a Ordem, intitulado “Somos Um Pelos Laços do Amor”.

O Irmão Pastor Lindemberg Mendes Viana, da Loja Estrela do Rio Comprido – GOB/RJ dirigiu o culto, e o Irmão Klaus Fins orientou a reunião, na qual foram traçadas metas e objetivos. Ao final todos se confraternizaram em almoço no próprio hotel.

O Grão-Mestre Barbosa Nunes tem recebido no exercício da função, considerações especiais dos evangélicos, muitos integrantes de nossa Potência.

O Deputado Federal João Campos e o Deputado Estadual Daniel Messac, líderes evangélicos e políticos respeitados, pela história de dedicação e honestidade de cada um, tem sido amigos do Grande Oriente do Estado de Goiás e nos visitando várias vezes, identificados há longo tempo com as nossas propostas de combate ao uso de drogas, inclusive o Grão-Mestre participou recentemente de um seminário coordenado pelo Deputado João Campos.

Quanto ao Deputado Daniel Messac, este foi o autor da propositura da sessão realizada dia 29 de agosto em comemoração ao Dia do Maçom e concedendo Comendas Pedro Ludovico Teixeira a vários Irmãos, pelo que o Grande Oriente do Estado de Goiás é muito agradecido aos evangélicos Deputados Federal e Estadual, João Campos e Daniel Messac.

Fonte: Grande Oriente do Estado de Goias – Via: Holofote

Atenção: Assista ao Documentário Completo “MAÇONARIA TREVAS OU LUZ”, onde você verá relato de ex-maçons e que vai trazer uma pancada esmagadora no ensino de que o cristianismo e a Maçonaria são compatíveis. CLIQUE AQUI E ASSISTA 

Fonte: Portal Padom 

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido

Deixe sua opinião abaixo:

11 COMENTÁRIOS

  1. Nao li nada de novo, pois os maçons estão presentes, na maioria das igrejas evangélicas, desde os tempos do rev. Simonton lá pelos idos de 1859, que aqui chegaram pelas mãos da maçonaria.

    • Aposto que quem fala mal da maçonaria fala por difamação, por desconhecimento e aqueles que ja estiveram la e falam mal falam para angariar “FIEIS ( MULAS QUE NAO COMPREENDEM SO SEGUEM )” para suas igrejas. Nos vivemos uma ERA de RAZAO certos fatos nao podem ser reabatidos com discursos sem fundamento. Frequentei, nao o faço mais por que nao tenho tempo, e nunca jamais recebi uma recomendaçao de nao falar em Cristo. E se recebesse seria o primeiro a sair. Parem de achar que o que não é evangelico ou cristao esta errado. Nossa religiao cristã não data do principio dos tempos ela é uma modernização dos cultos Judeus ( que foram inspirados em relgioes “PAGAS” Sumérias). Se alguem é pagão por isso então toda o cristianismo tambem o é.

      • sim,meu querido.eles falam do que não sabem,pois,jesus não fundou o cristianismo,e nem a religião,na verdade,a maioria das igrejas evangélicas são seitas,e o povo não sabe,pois,fazem comemorações pagãs,dentro das igrejas.o que me deixa triste é,a falta de conhecimento de muitos,pois,não estudam,e falam do que não sabem,exemplo disso é a comemoração do natal dentro das igrejas evangélicas,pois se eles não sabem,este rito é pagão,eu nunca lí na biblia a comemoração do natal por jesus,vc já leu?então pela ordem,els fazem coisas erradas e,jugam os maçons,mas temos que ser jugados pelos que somos e fazemos.a verdadeira religião que cristo deixo e ensinou está no livro de mateus cap;06,que a paz do eterno esteja convosco.

  2. Já vi o deputado João Campos ao lado do reverendo Moon mais ele ser maçom já é demais.Pelo conheço a maçonaria (tive um tio que era grão mestre) lá é proibido falar em Jesus Cristo.Eles acreditam que o inferno é ficção e que devemos gozar tudo de bom enquanto estivermos na terra.

  3. Não podemos amar a dois senhores… (Mt.6:24). Meu Pai foi espírita e marçon, foi um dos mais altos graus lá dentro, mas hoje é um homem do Senhor Jesus Cristo e desligou-se definitivamente de lá.

  4. Sou protestante de nascimento, sou bispo anglicano, rosa cruz e maçom! Tenho orgulho de ser maçom e não há nada de incompatível entre ser cristão e maçom! Combatemos todo tipo de fanatismo, arrogância e sempre realizamos o nosso trabalho de construtores sociais sob as benção de Deus.
    Infelizmente no nosso país a memória do povo é muito curta. O Protestantismo neste país só teve êxito pelo apoio da Maçonaria, que prega a Liberdade, Igualdade e Fraternidade, contra a perseguição da Igreja Romana da época! Quando os primeiros protestantes começaram a chegar ao Brasil os maçons os acolheram oferecendo suas casas, salões e até templos maçônicos para seus cultos. O Protestantismo e a Maçonaria especulativa, movimentos com grande influência do Iluminismo, nunca foram incompatíveis. O Rev. James Anderson autor da “Constituição de Anderson” era clérigo da Igreja Presbiteriana e o Rev. Jean Teophile Desaguliers, patrono da Maçonaria Especulativa, era clérigo da Igreja Anglicana. Ambos, Anderson e Desaguliers foram clérigos e maçons atuantes. Os Reverendos John e Charles Wesley, fundadores do Movimento Metodista, eram clérigos da Igreja Anglicana e Maçons atuantes, tanto que Charles, autor de muitos dos hinos que cantamos era o Organista (Rito de York) ou Mestre de Harmonia (REAA) da loja onde era obreiro! Os estadunidenses que se estabeleceram em Santa Bárbara do Oeste, no estado São Paulo, fundaram em 10/09/1871 a primeira Igreja Batista do Brasil, fundaram também em 1874 a Loja Maçônica George Washington, onde se encontravam cerca de oito batistas sendo que pelo menos cinco deles foram também fundadores da Primeira Igreja, entre eles estava o Pr. Robert Porter Thomas. O próprio presidente americano George Washington era anglicano e maçom! Os primeiros episcopais (anglicanos) a se estabelecer no Brasil, na cidade que chegavam fundavam uma Igreja Anglicana e uma Loja Maçônica. Infelizmente os evangélicos brasileiros compraram uma briga da Igreja Romana, que não aceita que seus membros sejam maçons, por questões históricas e meramente políticas, nada de espiritual! Se você é protestante, evangélico ou pentecostal e tem liberdade de culto, e opinião, de adorar da sua forma, é porque no passado homens livre e de bons costumes lutaram para isso. Conheço histórias maravilhosas de atuação da Maçonaria a favor do povo protestante e evangélico. Em Ribeirão Preto, onde eu moro, quando a Igreja Metodista chegou tiveram que tentar alugar um imóvel 18 vezes em um ano, e quando parecia que conseguiam o padre ameaçava de excomungar o dono do imóvel, que desistia, até que um maçom, que não se intimidava com a excomunhão, pois já era mesmo, alugou um prédio e acabou o problema! Em Nova Lima, onde há uma Igreja Anglicana centenária o padre católico local, da época, proibiu que um dos membros fosse velado no espaço comunitário, pois era de responsabilidade da Igreja Romana, quando os maçons ficaram sabendo disso intervieram e depois disso o espaço passou a ser administrado pela Maçonaria. Antes de falarmos ou escrevermos algo devemos conhecer melhor o assunto! A intolerância de evangélicos na atualidade, ignorantes de nossa história, é que é incompatível com as palavras e ensinamento do Mestre Jesus, um questionador inquieto do sistema político e religioso de sua época, assim podemos dizer que era Jesus um homem livre e de bons costumes, um construtor social e filho da viúva!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.