Igreja fica em choque, após policial matar pastor por engano

Jovem Pastor evangélico é morto em sua própria casa por uma policial, que o confundiu como um invasor.

386

Em um culto emocionante realizado no último domingo, os membros da Igreja de Cristo em Dallas West lamentaram a morte de seu jovem pastor de 26 anos que foi baleado e morto por um a policial em sua própria casa.

Botham Jean foi baleado na quinta-feira por uma policial de Dallas que disse ter confundido seu apartamento com o dela.

Investigadores dizem que a policial Amber Guyger estava voltando para casa após o seu turno de trabalho quando ela entrou no apartamento de Jean e abriu fogo contra ele, achava que era um intruso.

Os advogados da família de Jean pediram a prisão de Guyger desde o tiroteio, dizendo que o fato dela ter permanecido livre durante dias, demonstrou que ela estava recebendo tratamento favorável. Ela foi presa no domingo e depois liberada sob fiança.

Enquanto a polícia busca respostas no caso, muitos estão celebrando a vida do homem conhecido por seu espírito amável e jubiloso.

De acordo com o Dallas Morning News, Jean mudou-se para Dallas depois de se formar na Universidade de Harding, no Arkansas. 

Também conhecido por sua bela voz, Jean frequentemente conduzia cantando na capela da universidade. Ele passou a servir como pastor de jovens e líder de louvor em sua igreja.

Durante um culto lotado no domingo, familiares e amigos prestaram homenagem a Jean cantando um de seus hinos favoritos: “Meu Deus é Real”.

“Não consegui pensar em nada que seja negativo“, disse um homem durante uma vigília realizada no sábado na igreja. “Nenhum negativo.”

Jessica Berry, membro da Igreja, disse à CNN: “Estou me sentindo estarrecida. Estou com zangada agora. Estou frustrada, apenas sabendo quem ele é. O modo como ele morreu não é justo”.

O pai de Berry, ministro Sammie Berry, disse que “a morte de ‘Bo’ é uma perda dolorosa para sua família da igreja.”

“Bo era um jovem excepcional. Ele era um excelente cristão. Ele estava causando impacto. Definitivamente vamos sentir a falta dele.”

Berry acrescentou: “Eu não acho que você poderia encontrar uma pessoa melhor quando você olha para a vida que ele viveu as contribuições que ele fez, a paixão que ele tinha pela igreja e qualquer coisa que ele fazia. Ele sempre dava o seu melhor em tudo.”

A namorada de Jean, Cynthia Johnson, está apoiada em sua fé após a perda trágica.

“Ore por mim para que eu encontre paz, aceitação e cura em Cristo, nosso Senhor”, disse ela no culto de domingo.

Muitos estão orando por justiça pela morte de Jean.“Os eventos da semana passada, eles me mudaram, eles me transformaram”, disse Berry. “Mas devemos ser como Bo esta manhã … Ele entendeu o seu propósito.”

Deixe a sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here