Jornalista da Globo diz que Marco Feliciano não pode ser criminalizado por ser contra casamento gay

alexandre garciaO jornalista e comentarista da Rede Globo, Alexandre Garcia comentou esta semana em um programa transmitido pela Rádio Metrópole, a respeito da ‘novela’ em que o pastor e deputado Marco Feliciano esta envolvido na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Para Alexandre, Marco Feliciano está sendo injustamente incriminado por ter opiniões que vão contra a união homoafetiva, já que no Brasil expressar a opinião não é crime.

“Se ele é acusado por opinião, supõem-se então que aqui no Brasil exista crime de opinião, o que não existe. Ele não pode ser acusado de opinião se a opinião é livre e protegida pela Constituição”, disse Alexandre.

Ele explica que seria crime se Feliciano incitasse as pessoas ao racismo e a tomarem atitudes homofóbicas.

No final de sua opinião o jornalista lembra que o deputado Marco Feliciano tem apoio de seu partido, não precisando então submeter ao presidente da Câmara. “A questão continua, ele está apoiado pelo partido dele, não dá a mínima para o presidente da Câmara e nem precisa dar, o presidente da Câmara não é chefe dele”, conclui.

Portal Padom

COMPARTILHE

1 COMENTARIO

  1. Deus não se surpreende com gritarias, protestos, violência de qualquer espécie, muito menos quando vem de gente desobediente à sua Palavra inerrante; então, esses que são contra a permanência do Pr.Marcos Feliciano à frente da Comissão de Direitos Humanos, não vão afugentar um homem de Deus! Quem são essas pessoas? São gays ativistas, anarquistas, pederastas, criminosos sociais que não querem ser monitorados e verem seus apetites imorais serem controlados pela ordem e justiça verdadeiras.Viva a FAMÍLIA! Glória a Deus que a tudo vê e a tudo submete à sua autoridade, amém!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui