Maurício de Sousa diz que Turma da Mônica não abordará ideologia de gênero

Em entrevista recente à Folha o cartunista e criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa, falou sobre o futuro dos jovens personagens e descartou a possibilidade de abordar através deles temas como ideologia de gênero.

“Não posso mudar o comportamento dos nossos personagens com novas bandeiras, novas tendências, novas ideologias, e arrebentar toda a nossa história”, disse o autor dos quadrinhos.

“Eu me coloco como um criador com um nível de cultura que tende para um conservadorismo. Não somos ignorantes, estou observando. Mas há uma preocupação com a vida de um grande estúdio, onde hoje trabalham muitos artistas”, completou.

A Turma da Mônica é a história em quadrinhos mais popular do Brasil e através de seus personagens já abordou diversos temas importantes como a inclusão social através de seus personagens.

“Se é uma bandeira que estão levantando agora, nós não devemos levantar junto. Se é uma bandeira que já foi empunhada pela sociedade, daí nós temos de estar lá”, afirmou o pai de Mônica e de outros nove filhos que inspiraram personagens seus.

Comente

VEJA TAMBÉM
Silas Malafaia tem potencial para ser presidente do Brasil, sugere cientista político

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido