Mesmo com câncer, vou continuar pregando o Evangelho, que meu pai me ensinou, diz filha de Billy Graham

Anne Graham Lotz, filha de Billy Graham afirma que continuará mesmo com câncer, compartilhando o Evangelho como o seu pai lhe ensinou.

243

A evangelista Anne Graham Lotz prometeu continuar divulgando a mensagem de seu falecido pai Billy Graham sobre Deus através de sua luta contra o câncer.

Lotz postou uma homenagem comovente a seu pai na quarta-feira, que seria seu aniversário de 100 anos, admitindo que ela sente mais falta dele agora do que quando ele morreu em fevereiro.

“Com uma dor surda no coração, anseio por vê-lo mais uma vez. Para contar-lhe sobre a nova jornada de fé, que Deus me faz viajar. Ouvi-lo dizer: ‘Eu te amo, querida'” escreveu em seu site.

“Hoje, eu estou lembrando de alguém que sempre foi um agricultor de coração. Que amava seus cães e seu gato. Quem seguiu os padrões climáticos quase tão perto quanto ele fez eventos mundiais. Quem usava jeans velhos, suéteres confortáveis e um boné de bola de beisebol “, continuou a evangelista.

Graham, creditado por evangelizar milhões ao redor do mundo, no final teve uma “fé simples”, disse sua filha.

“Ele era sua mensagem … um homem simples que havia respondido ao amor de Deus colocando sua fé em Jesus, recebendo a garantia de que seus pecados foram perdoados, que ele não pereceria, mas que teria vida eterna”, disse ela.

Ela escreveu que confia que seu pai está agora com Jesus e está “celebrando seu primeiro aniversário no céu”.

“Enquanto ele pode estar fisicamente ausente e sua voz em silêncio, eu estou confiante de que sua mensagem continuará a reverberar através das gerações vindouras.
Enquanto eu estou um pouco amarrada e posta de lado, eu não esqueci meu compromisso de levar sua mensagem como um bastão sendo passado em uma corrida de revezamento”, ela jurou.

“Estou comprometida em transmiti-la fielmente àqueles com quem entro em contato, seja através deste blog, ou daqueles que passo no hospital durante tratamentos de quimioterapia ou visitas a médicos. Porque a mensagem de papai é a mensagem de Deus. E é uma mensagem de esperança genuína para o futuro, de amor para o presente, de perdão para o passado”, acrescentou.

“É uma mensagem, quando recebida, traz um novo começo, alegria inabalável, paz inexplicável, significado eterno, significado e propósito para a vida, e abre a porta do Céu. Eu sei, porque a mensagem que Papai levou para o mundo penetrou em meu coração como uma jovem e continua a causar impacto”.

A evangelista tem sido aberta sobre sua luta contra o câncer de mama, que ela foi diagnosticada em agosto.

Enquanto ela disse que sua cirurgia inicial “correu bem”, ela admitiu que houve complicações exigindo 18 semanas de quimioterapia.

Em outubro, Lotz disse que não tem “medo da morte” em sua jornada.

“Minha jornada de câncer continua quando eu começo a quimioterapia esta semana. Meu coração sofre pela multidão de pessoas que também lidaram com essa doença mortal.

No entanto, eu estou louvando a Deus por Seu poder de guardar e por suas orações que eu sei que estão me sustentando em constante estado de paz, alegria e expectativa de bênçãos ao longo do caminho”, escreveu ela na época.

“Disseram-me que meu prognóstico é excelente. Mas, para ser honesta, mesmo que não seja, posso dizer sinceramente que não tenho medo da morte. Absolutamente nada”, acrescentou.

A Convenção Estadual Batista da Carolina do Norte, entretanto, aprovou uma resolução honrando Graham em seu centésimo aniversário, comemorando a vida e o ministério do falecido evangelista, que “viajou pelo mundo compartilhando as Boas Novas de Jesus Cristo”.

A resolução acrescentava: “… desejamos celebrar o legado de Billy Graham comprometendo-nos a compartilhar o Evangelho, vivendo uma vida de santidade pessoal e encontrando alegria por meio de uma paz eterna com Deus realizada pela vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo.”

Deixe a sua opinião!