O pastor Paseka Motsoeneng, que nos últimos dias foi notícia em todo o mundo por ter anunciado em sua conta no Facebook que ele foi ao céu e matou o diabo (entenda), se pronunciou pela primeira vez sobre o assunto.

Em uma entrevista exclusiva ao site TshisaLIVE, o Pastor Mboro, como é conhecido, negou que isso realmente tenha acontecido e que tudo não passa de uma campanha de difamação contra sua imagem.

“Meu coração está sangrando por esses rumores de que eu fui para o inferno e matei o diabo. Isso é insano, como eu posso ir para o inferno e matar Satanás? Que poder eu tenho que ir para o inferno?”, disse ele.

Mboro, afirmou que sua conta no Facebook foi invadida por alguém que escreveu mentiras sobre ele, com o único objetivo de levar o seu “bom nome na lama”.

“Eles têm a coragem de escrever mentiras sobre mim, porque meu nome está na trending. Eu realizo milagres e celebridades vêm para minha igreja. Agora eles querem arrastar meu bom nome na lama“, acrescentou.

No ano passado, uma postagem de Mboro afirmava que ele teria visitado o céu também se tornou viral. Na época foi relatado que ele estaria vendendo as ” fotos do céu” e ganhando um bom dinheiro.

Sobre isso o pastor disse que as pessoas deveriam provar que ele foi ao céu e vendeu fotos.

“Onde está a prova da imagem do céu que eu vendi? Cadê a prova de matar Satanás? Se alguém puder me trazer essa prova, posso vender tudo o que tenho e dar a essa pessoa“, acrescentou.

Portal Padom

COMPARTILHE

Deixe seu comentário!

comentarioo