A reclamação: mais cedo ou mais tarde, tudo acontece. Machucam-nos, nos enganam, mentem ou nos maltratam. É tão previsível quanto doloroso. No entanto, quando isso acontece, a maioria não está preparado. Em nossa raiva, clamamos a Deus contra a pessoa que nos fez mal. Exigimos justiça, e até mesmo vingança, mas terminamos fazendo com que as coisas se tornem mais difíceis para todos os envolvidos, até mesmo para nós.

Se isso aconteceu, é hora de descobrir como você pode colocar o poder de Deus para trabalhar a seu favor na próxima vez que alguém te fazer algum mal.

Primeiro: identifique o inimigo. É aqui que a maioria de nós cometemos o maior erro, pois identificamos a pessoa que nos feriu como o nosso inimigo. Não desperdice sua energia gritando enfurecidamente e conspirando contra as pessoas que lhe causam o dano. Elas estão sob a influência do diabo. Aponte sua munição espiritual no alvo certo. É o diabo que está por trás de tudo isso. Vá atrás dele.

Segundo: Atire. Depois de ter direcionado suas armas espirituais na direção certa, atire. Golpeie o diabo rapidamente e furiosamente com a Palavra de Deus. Use o nome de Jesus e o poder que tem sido dado a cada crente, causará muito danos nessa área. Em seguida, avance para a próxima parte que é a mais importante desta batalha espiritual.

Terceiro: faça oração intercessora. Em Mateus 5:44-45, Jesus nos da as instruções: ‘Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus’

Pedir que a vingança de Deus golpeie com um raio quando alguém nos faz mal, não estamos agindo como nosso Pai. Lembre-se que Deus tem grande misericórdia, não somente a você, mas para todos.

O diabo provavelmente pensará duas vezes antes de voltar te incomodar. A próxima vez que alguém lhe fazer algum mau, ponha o poder e Deus a trabalhar a seu favor. Identifique o verdadeiro inimigo. Golpeie fortemente com a autoridade que foi dada ao crente. Em seguida faça a oração de intercessão. Mateus 7:-15

Portal Padom

Traduzido e adaptado por Thiago Dearo de Tiempo de Esperanza

 

Deixe seu comentário!