Recentemente o Papa Francisco, antes de rezar a missa, foi questionado por um menino chamado Emanuele, de apenas 8 anos de idade, que aproximou dele chorando, querendo saber que seu pai, um ateu que morreu estava no céu.

Emocionado, o líder da igreja católica abraçou e consolou o menino durante alguns minutos, antes de revelar ao público a pergunta de Emanuele: “Pedi permissão a Emanuele para dizer a pergunta em público e ele disse que sim. É por isso que eu a direi a vocês: ‘Pouco tempo atrás, meu pai morreu. Ele era ateu, mas teve todos os quatro filhos batizados. Ele era um bom homem. Está no céu, papai?’”.

Continuou o religioso dizendo: “Para que seus filhos pudessem dizer: ‘Ele era um bom homem’, ele deve ter dado um belo testemunho a seus filhos… Aquele homem não tinha o dom da fé, ele não era crente, mas ele tinha seus filhos batizados. (…) Quem diz quem vai para o céu é Deus, mas como está o coração de Deus diante de um pai assim? Um coração de papai. Deus tem o coração de um pai. E diante de um pai, não crente, que foi capaz de batizar seus filhos e dar essa bravura aos seus filhos, vocês acham que Deus seria capaz de deixá-lo longe?”

Quem dera todos nós pudéssemos chorar como Emanuele quando temos uma dor como ele tem em seu coração. Ele chorou por seu pai e teve a coragem de fazer isso na nossa frente, porque em seu coração há amor por seu pai”, destacou Francisco dizendo,  “É um belo testemunho do filho que herdou a força de seu pai e, também, teve a coragem de chorar diante de todos nós. Se aquele homem era capaz de criar filhos assim, é verdade, ele era um bom homem.”

Então, Francisco respondeu aos fieis presentes se “Deus abandona seus filhos quando eles são bons?”, e o público respondeu que “não”.

“ Aqui, Emanuele, esta é a resposta“,  disse Francisco. “Deus certamente estava orgulhoso de seu pai, porque é mais fácil ser um crente, batizar crianças, que batizá-las sendo incrédulo. Certamente isso agradou muito a Deus. Fale com seu pai, reze seu pai. Obrigado Emanuele por sua coragem”.

No entanto muitos cristãos, principalmente evangélicos, não concordaram o com o discurso do líder católico, que omitiu a Verdade do Evangelho.

Afinal, o que o Papa Francisco deveria ter dito ao menino?

Sobre este assunto, o pastor Jordan Standridge escreveu um artigo, o que seria certo o Papa Francisco ter dito ao garoto. Veja abaixo na íntegra.

Caro Emanuele:

Primeiro de tudo, deixe-me dizer desde o início que você é muito corajoso ao fazer essa pergunta. Falar sobre a morte não é fácil, e você tem coragem de fazer isso na frente de tantas pessoas.

Eu sinto muito que isso tenha acontecido. Toda vez que um ente querido morre, é uma tragédia que não sabemos como lidar, já que o que amamos nos foi tirado. Meu coração está quebrando com você pela perda de seu pai. Eu gostaria de poder eliminar a dor, mas não posso. Tudo o que posso fazer é falar com você sobre Aquele que pode.

Eu acho que a razão pela qual você faz essa pergunta é porque você realmente quer saber a resposta, e você realmente não tem ideia de onde seu pai está. Você está procurando a resposta para a pergunta mais importante do mundo: ‘como chegamos ao céu?’

Também quero parabenizá-lo pelo fato de acreditar no Céu. Isso não é algo que muitas pessoas acreditam nestes dias, e eu sou tão grato que você acredita que existe um céu. Parece-me que você acredita que Deus tem um padrão do que é preciso para chegar ao céu. A questão é: ‘qual é o seu padrão?’ Eu gostaria de poder lhe dizer que o batismo foi o suficiente, ou que tomar todos os sacramentos poderia salvá-lo, mas o padrão é muito mais alto do que isso.

A Bíblia nos diz que Deus é completamente Santo. Essa santidade é quem Ele é. Quando Jesus estava na terra, Ele parecia elevar o padrão a um novo nível. Parecia tornar mais difícil do que os fariseus. Em um sermão particular, em Mateus 5, ele diz que o pecado do assassinato vai além da ação real, já que Deus vê nossos corações e intenções, Quando dizemos palavrões ao nosso irmão, é como se cometêssemos homicídios em nossos corações. Termine o capítulo elevando o padrão para um nível impossível! Ele diz que para ir para o céu você deve ser tão perfeito quanto o seu Pai celestial é perfeito (Mateus 5:48)!

Sua pergunta me leva a acreditar que você também acredita no inferno por causa do medo que ouço em sua voz e as lágrimas podem ser vistas em seus olhos. Você sabe que existe e que é um lugar para onde as pessoas irão. Esta é uma realidade em que estou constantemente pensando. Eu não quero que ninguém vá lá. Mas eu me pergunto se talvez você não tenha considerado o fato de que você e eu merecemos ir para lá. Eu sei que há preocupação em seu coração sobre onde seu pai está, mas primeiro, antes de se preocupar com os outros, devemos primeiro checar nossos corações. Enquanto falo com você, sei três coisas sobre mim mesmo. Eu sou pecador. A Bíblia diz que todos pecaram e não alcançam a glória de Deus (Romanos 3:23)! Eu também sei que mereço ir para o inferno por toda a eternidade. A Bíblia diz que o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23). Um pecado contra um Deus eterno garantiria uma eternidade no inferno, mas eu pequei milhares, até milhões de vezes ao longo da minha vida. Mesmo que você seja jovem, Emanuele, você também pecou muitas vezes, e um dia você será julgado somente por Deus. Ninguém mais estará lá. O que vai fazer? Você está confiando em suas obras? Você está confiando no seu batismo para salvá-lo? Deus, o Criador de todas as coisas, não pode permitir que você entre no Céu porque você obedece a algumas regras, porque você também quebrou muitas. E então, você e eu merecemos o inferno. E Deus seria completamente justo para nos enviar para a eternidade, e seríamos culpados e teríamos que aceitar as consequências.

Um dia você será julgado somente por Deus. Ninguém mais estará lá. O que vai fazer? Você está confiando em suas obras? Você está confiando no seu batismo para salvá-lo? Deus, o Criador de todas as coisas, não pode permitir que você entrasse no Céu porque você obedece a algumas regras, porque você também quebrou muitas. E então, você e eu merecemos o inferno. E Deus seria completamente justo para nos enviar para a eternidade, e seríamos culpados e teríamos que aceitar as consequências.

Mas Deus é bom. Ele é misericordioso e providenciou um caminho, o Único, para sermos salvos. Ele mesmo veio para a própria terra. A Bíblia nos diz que existe um Deus em três pessoas. Existe o Pai, o Filho e o Espírito Santo. O Pai enviou o Filho à terra para nos fornecer um caminho para irmos para o céu. Jesus é tanto Deus como homem, então Ele é o único mediador de que precisamos! Ele também foi o único homem perfeito que já viveu e morreu na cruz pelos nossos pecados! E finalmente, ele abriu as portas do céu quando ele ressuscitou dos mortos e, em um instante, ele foi capaz de conquistar a morte. Agora, aqueles que colocam sua fé nEle podem ser instantaneamente salvos de seus pecados pelo Espírito Santo e permitidos no céu. Eles não têm que trabalhar para alcançá-lo, já que Ele cuidou de tudo na cruz.

Emanuele, você pode ser salvo hoje! Você pode ter certeza de que vai para o céu quando morrer. Considere, Deus é perfeitamente justo e teria sido perfeitamente justo, mesmo que não nos desse a oportunidade de sermos perdoados, mas agora isso dá a muitos a oportunidade de ouvir a verdade e arrepender-se de nossos pecados. Eu gostaria de poder te dizer que seu pai está no paraíso. Não posso. Eu posso lhe dizer que se ele se arrependeu de seu pecado e colocou sua fé e total confiança em Jesus, mesmo em seus últimos dias na terra, isso é verdade. Mas eu vou lhe dizer uma coisa, onde quer que ele esteja, ele sabe duas coisas: que Deus é Santo e que ele não é. No entanto, para nós, que ainda estamos na terra, eu oro para que todos percebam que a vida é curta, que poderíamos morrer a qualquer momento, e enquanto temos respiração em nossos pulmões e ouvidos para ouvir, Ainda há tempo para se arrepender e colocar nossa fé em Cristo. Ele é o único que pode satisfazer nossos desejos de coração e quem pode nos consolar quando enfrentamos a tragédia.

Obrigado pela sua pergunta, Emanuele, e peço que você tome a sábia decisão de confiar em Jesus.

(Claro, eu percebo que o Papa não acredita no que escrevi aqui, então não devemos esperar que ele respondesse dessa maneira.) E provavelmente nenhum de nós seria questionado em público por essa mesma pergunta. Ele nunca ouviu o Evangelho antes, então esta é uma situação única. (O melhor que podemos fazer é orar para que um dos poucos missionários em Roma encontre Emanuele e o resto da multidão que ouviu essa resposta demoníaca e incorreta do papa.)

por:  Jordan Standridge

Traduzido e adaptado por: Thiago Dearo

Portal Padom

Deixe a sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here