Papa Francisco convoca todos para uma única religião

Noticias gospel – Durante o seu discurso pregado na Praça de São Pedro, onde marcou os 50 anos da declaração Nostra Aetate, que significa o marco das relações da Igreja Romana com todas as religiões, o sumo pontífice disse que já é chegada à hora de todas as religiões se unirem a favor de uma bem geral da sociedade e lutar junto contra a fome, miséria, o aquecimento global e a violência gerada nas guerras.

papa-francisco-en-angelusNo discurso proferido na ultima quarta-feira (28) o líder da igreja católica relatou que a única religião deveria ser servir ao próximo.

O papa Francisco citou que a Nostra Aetate possibilitou uma mudança de relações com o judaísmo, tornando a antiga troca de acusações em uma convivência respeitosa, harmoniosa e frutífera.

“Indiferença e oposição tornaram-se colaboração e benevolência. De inimigos e estranhos, nos tornamos amigos e irmãos. O Concílio traçou o caminho: ‘sim’ ao redescobrimento das raízes hebraicas do Cristianismo; ‘não’ a toda forma de antissemitismo e condenação de toda de toda injúria, discriminação e perseguição que derivam”, relatou o pontífice.

Depois de ter citado o exemplo o papa Francisco disse que um melhor relacionamento entres as religiões do mundo, possibilitarão o trabalho em conjunto para combater os problemas que afetam a humanidade, e que a divergência de crenças tem que ser deixado de lado em prol do amor.

“O mundo olha para os nós pedindo respostas mais efetivas em inúmeros casos como a paz, a fome, a miséria, a crise ambiental, a violência e a corrupção”, disse Francisco.

O papa ainda disse que precisa se abrir um dialogo aberto e respeitoso com o islamismo, a fim de evitar práticas terroristas cometidas pela minoria absoluta que se fecha ao extremismo.

VEJA TAMBÉM
Papa mantém silêncio sobre alegações de abusos sexuais na igreja católica da Alemanha

Segundo informações da revista Exame, ao final da audiência, Francisco pediu aos presentes uma prece silenciosa, “conforme sua própria tradição religiosa” e aos representantes de outras tradições cristãs, pediu orações para que sejamos “mais irmãos” e mais dispostos a servir “aos mais necessitados”.

E ai, vamos se unir ao papa nessa religião universal? Deixem suas opiniões.

 

André Santos

Portal Padom

 

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido