Um dos assessores evangélicos de Donald Trump, o pastor da Primeira Igreja Batista do Dallas, Texas, Robert Jeffress, afirma que o presidente dos EUA conta com autoridade moral para eliminar o líder norte-coreano Kim Jong-un.

“Em respeito sobre como deveríamos enfrentar o mal, a Bíblia é muito clara no livro de Romanos: Deus tem dado aos governantes plenos poderes de utilizar quaisquer meios necessários, incluindo a guerra para deter o mal”, disse ele ao The Washington Post

“No caso da Coreia do Norte, Deus tem dado a Trump a autoridade para eliminar a Kim Jong-un”, interpreta o pastor a passagem bíblica de Romanos 13, epístola paulina do Novo Testamento.

O texto bíblico ao qual se refere diz assim: “Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por ele.
Assim quem se revolta contra as autoridades está se revoltando contra o que Deus ordenou, e os que agem desse modo serão condenados.”

Segundo Jeffress, “isto dá ao governo a autoridade para fazer o quer, seja o assassinato, a pena de morte ou a punição para reprimir ações atrozes de homens maus como Kim Jong-un”.

Ao mesmo tempo, o pastor tem admitido que muitos cristãos pacifistas podem recordar do capítulo 12 que diz: “não devolvam mal por mal a ninguém”, mas em sua maneira de interpretar esta passagem bíblica faz referência dos cristãos e não ao Governo.

Portal Padom

COMPARTILHE

Deixe seu comentário!

comentarioo