Pastor do Myanmar é morto após ser sequestrado

O pastor foi sequestrado em sua casa com homens armados, ele foi encontrado duas semanas depois sem vida.

Um pastor do Myanmar foi morto depois de ser sequestrado sob a mira de uma arma.

O pastor Tun Nu foi visto pela última vez com vida quando foi tirado de sua casa na noite de 19 de janeiro. Um grupo rebelde armado o forçou a deixar sua casa, dizendo a Nu que seu líder queria interrogá-lo. Pastor Nu tinha sido missionário com Gospel for Asia em uma área problemática no Myanmar.

Ele foi morto junto com vários outros que haviam sido sequestrados por um exército rebelde no estado de Rakhine em Mianmar, uma área dividida pelo conflito de Rohingya. Durante as quase duas semanas o pastor Tun estava desaparecido, a polícia local e os exércitos do governo não conseguiram rastrear ele ” explica o ministério Gospel for Asia, em um comunicado de imprensa.

Estamos de coração partido ao saber da morte do Pastor Tun e pedimos que se unam a nós em oração por sua esposa e família, e sua igreja neste momento, para que eles possam conhecer o conforto de Deus, paz e força“, disse o Dr. KP Yohannan., o fundador da GFA.

Todos os nossos irmãos e irmãs no campo sabem que, como Jesus disse, eles saem como ‘ovelhas entre lobos’. Como o pastor Tun, eles estão dispostos a dar a vida, se necessário, a compartilhar o grande amor de Deus com aqueles que ainda não ouviram a Boa Nova“, disse ele.

Nu era casado e tinha três filhos e serviu como pastor de uma congregação no estado de Rakhine, em Mianmar. Durante 20 anos como pastor, ele consistentemente compartilhou o amor de Cristo com muitos e começou várias irmandades.

VEJA TAMBÉM
Saiba quem são os vencedores do Troféu Promessas 2011 promovido pela Rede Globo
Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido