Pastor é morto a tiros ao abrir igreja no domingo

Pastor é assassinado a tiros ao abrir igreja para o culto de domingo de manhã

Um pastor do Mississippi foi morto a tiros enquanto abria a igreja para os cultos de domingo de manhã.

A polícia prendeu três suspeitos do assassinato de Anthony Finch Longino, que pastoreava a Igreja Nova Betânia em Jackson, Mississippi.

Longino foi encontrado morto fora de sua igreja.

Nossos corações e orações estão para com as famílias daqueles que morreram devido a atos sem sentido de violência hoje e nossas contínuas orações e apoio vão para todas as famílias que sofreram nas mãos da violência sem sentido nesta cidade“, disse o prefeito Chokwe Antar Lumumba a um jornal local.

Um afiliado da NBC relata que Marquez Hamilton, de 22 anos, confessou ter matado Longino na sede da JPD, na segunda-feira, e foi acusado de assassinato. Ele também confessou que ele e seus amigos tinham planos de roubá-lo. Três mandados foram emitidos para outros envolvidos no tiroteio.

Este é um dia muito, muito triste, onde um pastor abriu esta igreja para o serviço e perdeu a vida“, diz o chefe do Departamento de Polícia de Jackson, James Davis. “Foi sem sentido, mas é em uma comunidade, e a polícia não pode fazer isso sozinhos; precisamos da ajuda da comunidade, para avançar. Se você conhece algum indivíduo em sua comunidade que tenha cometido esses crimes, não espere até um indivíduo perde a vida “.

Deixe a sua opinião!
VEJA TAMBÉM
Sobrevivente do massacre de Orlando decide voltar para igreja

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido