O pastor evangélico, Silas Malafaia, que nos últimos meses foi alvo de denúncias ao ser investigado pela Operação Timóteo, teve uma boa notícia no início desta semana.

Segundo uma nota, publicada pelo jornalista Lauro Jardim, do O Globo, o advogado que é investigado pela operação, afirmou nas negociações da delação que ele doou ao pastor Silas Malafaia, o valor de R$ 100 mil reais como uma oferta, confirmando o que Malafaia tem dito desde que quando passou a ser acusado de ter recebido propina ou feito lavagem de dinheiro.

Diferente do que aconteceu quando ele passou a ser alvo das investigações, na época toda imprensa e redes sociais fez questão de dizer que o pastor era “bandido”, no entanto após essa inocência a mídia não tem feito a mesma divulgação.

 

Portal Padom

Deixe seu comentário!