Por que as crianças são uma bênção de Deus

Você sabia que as crianças são bençãos de Deus?

E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá,
E entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel.
E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo.
E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.
E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?
Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre.
Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas.

Lucas 1:39-45

Profecia é onde Deus escolhe e usa alguém para falar através deles. Acontece tanto no Antigo Testamento como no Novo Testamento e em nossos dias.

A profecia às vezes é predizer o futuro, prevendo eventos futuros. Cerca de 25% da nossa Bíblia foi profética quando foi escrita, prevendo eventos futuros. Nem toda a profecia, no entanto, é sobre o que vai acontecer. Uma declaração de verdade, insight, repreensão ou encorajamento também pode ser considerada profecia, pois é uma palavra oportuna de Deus. Às vezes, a profecia é uma mensagem pessoal; Deus quer que alguém saiba alguma coisa, então ele envia um mensageiro para entregar uma palavra àquele indivíduo. Este é o tipo de profecia que vemos de Elizabeth.

De onde veio a profecia de Isabel? No versículo 41, Lucas nos diz: “Isabel ficou cheia do Espírito Santo”. O Espírito Santo toma esta mulher e seus desejos mais profundos e os traz à vida: “E exclamou em alto clamor: ‘Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre!'” (Lucas 1:42) Espírito – preenchida Isabel declara as crianças para ser uma bênção. Isso vai contra o pensamento moderno, como a palavra de Deus costuma fazer. Nossa cultura tende a tratar as crianças como uma maldição, causando estrias, privação de sono e despesas para seus pais. Mas a Bíblia é clara: as crianças não são uma desgraça, mas uma bênção. Como diz o Salmo 127: 3: “Eis que os filhos são uma herança do Senhor, o fruto do ventre é uma recompensa.”

Isabel continua honrando Maria, o que é incomum, pois era costume que os mais jovens honrassem os mais velhos. E ela não apenas honra Maria, mas também honra o bebê de Maria. Isabel é a primeira pessoa na Bíblia a chamar Jesus Cristo de “Senhor”! Embora ele tenha sido concebido recentemente, Isabel se alegra em entrar na presença de Jesus. O bebê é o Senhor, e ela o adora ali mesmo em seu estado pré-nascido.

VEJA TAMBÉM
No dia da Bíblia, contentemo-nos com o Jesus bíblico

“E por que isto me é concedido que a mãe do meu Senhor deveria vir a mim?” Isabel diz (Lucas 1:43). Ela não o viu andar sobre a água, ressuscitar os mortos, curar pessoas, morrer numa cruz ou ressuscitar da morte – ela nem o viu nascer. Mas já Isabel é surpreendida ao se aproximar de Jesus, e já o adora e o reivindica como seu Senhor. Estar na presença do Senhor era tudo o que ela e nós precisamos ser inspirados para adorá-lo.

Você considera sinceramente que as crianças sejam uma bênção do Senhor? Se não, por que não?

por: Pr. Mark Driscoll é um pastor que segue a Jesus, é líder na missão, que serve à igreja, é amante das pessoas, pregador da Bíblia e é o autor de muitos livros, incluindo Jesus cheio do Espírito.
traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido