PerguntaPaz, eu gostaria de saber o significado de Lucas 20 versículo 34-35-36

E, respondendo Jesus, disse-lhes: “Os filhos deste mundo casam-se, e dão-se em casamento;
Mas os que forem havidos por dignos de alcançar o mundo vindouro, e a ressurreição dentre os mortos, nem hão de casar, nem ser dados em casamento;
Porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição”
. – Lucas 20:34-36

Sidney

Pastor Rafael Ricardo Granetto responde:  A Paz do Senhor Sidynei.

Li sua pergunta a respeito do significado do texto de Lucas 20: 34-36.

O texto mencionado na verdade é a resposta de Jesus para a pergunta de alguns religiosos (Saduceus) a respeito da ressurreição. Para entendermos a resposta vamos analisar primeiramente a pergunta. Os Saduceus não acreditavam na ressurreição, assim, queriam de alguma forma, contradizer o que Jesus ensinava a respeito da ressurreição. Para isso, eles apresentam uma hipotética situação, vejamos (Lucas 20: 27-32):

“E, chegando-se alguns dos saduceus, que dizem não haver ressurreição, perguntaram-lhe, Dizendo: Mestre, Moisés nos deixou escrito que, se o irmão de algum falecer, tendo mulher, e não deixar filhos, o irmão dele tome a mulher, e suscite posteridade a seu irmão. Houve, pois, sete irmãos, e o primeiro tomou mulher, e morreu sem filhos; E tomou-a o segundo por mulher, e ele morreu sem filhos. E tomou-a o terceiro, e igualmente também os sete; e morreram, e não deixaram filhos. E por último, depois de todos, morreu também a mulher”.

Tendo apresentado essa hipotética situação, vem à pergunta (Lucas 20: 33):

“Portanto, na ressurreição, de qual deles será a mulher, pois que os sete por mulher a tiveram?”

A pergunta deles, apesar de mal intencionada, tem um fundo bíblico. Para contradizer o ensino da ressurreição, eles se baseiam na lei de Deus dada a Moisés em Deuteronômio 25: 5-10. Dependendo da resposta de Jesus, eles poderiam se fundamentar ainda mais nas suas próprias doutrinas e assim continuarem contrariando a doutrina da ressurreição.

Então vem a resposta do nosso maravilhoso Jesus que, além de afirmar o ensino da ressurreição, nos trás ainda um pouco mais de transparência de como vai ser depois da ressurreição na vida eterna (Lucas 20: 34-36):

“E, respondendo Jesus, disse-lhes: Os filhos deste mundo casam-se, e dão-se em casamento; Mas os que forem havidos por dignos de alcançar o mundo vindouro, e a ressurreição dentre os mortos, nem hão de casar, nem ser dados em casamento; Porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição”.

Essa resposta maravilhosa de Jesus mostrou aos Saduceus e também mostra a nós, o quanto é errado pensar no céu nos mesmos termos dessa terra. A vida no céu não será uma extensão dessa temporária existência presente. Deus em seu infinito poder cuidará para que haja novos e maiores relacionamentos que transcendam os relacionamentos da presente vida.

Mediante a esse assunto, devemos saber que há algumas perguntas que perduram por milênios e são perguntas que não temos respostas claras. Para as perguntas de como vai ser na eternidade ou como seremos ou que corpo vamos ter, devemos olhar para o que a Bíblia nos diz (1 João 3: 2).

“Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos”

Ainda não é manifesto como seremos, ou seja, não temos todas as respostas. Mas podemos ter uma grande certeza em Cristo, VAI SER MARAVILHOSO!

Espero ter lhe ajudado.

Na Paz dEle que nos ama, Jesus Cristo nosso Senhor, amem.

por: pr. Rafael Granetto

Então, quem quiser enviar perguntas para nossa seção Pergunte ao Pastor, clique aqui!

Portal Padom

Deixe seu comentário!