A manutenção de uma relação só depende do casal. Portanto, mantê-la é dever de ambos. Levando em consideração que nem sempre é possível coincidir as ideias, conversamos com a escritora e conselheira Cristiane Cardoso, que nos deu algumas soluções para problemas comuns num relacionamento amoroso.Quando um não quer ter filho
O outro deve respeitar. É por isso que esse tema deve ser discutido antes do casamento, para não haver discórdias mais tarde. Muitas pessoas inteligentes têm optado por não ter filhos e eu as admiro muito, pois é uma escolha difícil, mas completamente sábia. O mundo não está ficando melhor, sendo assim, por que trazer mais filhos para se destruírem nele? No entanto, cada um faça conforme a sua fé. O casal deve chegar a um acordo.

Falta de diálogo
A falta de diálogo entre o casal é outro sinal de problemas no casamento. Você não conversa com quem você vê (marido), mas conversa com Aquele que você não vê (Deus)? O seu casamento é um termômetro da sua vida espiritual.

Quando um tem que resolver tudo sozinho (tarefas domésticas, pagamento de contas, etc.)
Não é fácil, mas às vezes não é uma opção e sim uma obrigação. Se você for esperar pela outra pessoa, que não entende disso nem gosta, vai se dar mal. Se você estivesse solteiro teria que fazer isso sozinho, por que não depois de casado?

Quando se aborrece, se fecha e não quer assunto (por horas e, algumas vezes, por dias)
Vá dormir e escolha acordar disposta a resolver o problema. Não se preocupe com o seu ego; nesses momentos, ele não merece atenção. O casamento é muito mais importante do que um ego ou orgulho. Pense nisso. Caso seu parceiro faça isso, ore e não faça o mesmo. Deus é fiel e vai honrar você.

Por Tatiana Alves

ArcaUniversal/Padom

COMPARTILHE

Deixe seu comentário!