Silas Malafaia ‘arrebenta’ ao falar sobre a polêmica de Damares e a cor de menino e menina

Silas Malafaia parabeniza Damares Alves, pela sua coragem e atuação como ministra e reforça que 'Azul é cor de menino, rosa é cor de menina, laranja é cor de presidiário e vermelho é cor de jumento'.

O pastor evangélico Silas Malafaia, através de seu canal no Youtube, comentou sobre o caso envolvendo a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, em que ela está sendo duramente criticada pela classe artísticas e militantes de esquerda por dizer que no Brasil “menino veste azul e menina veste rosa“.

Malafaia, desafiou os críticos a fazerem criticas contra a campanha ‘Outubro Rosa e Novembro Azul’ dizendo:

Critica ai, ‘Outubro Rosa’, Prevenção do Câncer de Mama, mulheres!. ‘Novembro Azul’, Prevenção de Câncer de Próstata, homens!. Ai vem artistas, ele de rosa, e a mulher de azul…”, continuou Malafaia dizendo: “… seus hipócritas e ignorantes, nós estamos falando de criança não é de adulto não!”.

Para Malafaia toda essa polêmica é devido a covardia da esquerda, que querem manipular as crianças. “Dizer que o sexo não, você veio ao mundo, depois você define…“, diz Malafaia, citando que “o sexo é biológico!”.

Malafaia, usa a ciência para debater a ideologia de gênero, dizendo que: “A criança, tem uma pré disposição de aceitar características psicológicas, do sexo que veio, até uma criança que tem difusão de gênero, isso é um garotinho que quer usar sapato alto e vestido, só em você não reforçar isso, 82% vem para o gênero que ele é!“, explica o líder religioso.

Se pegar um fragmento de osso de um ser humano que viveu 200 anos atrás, se sabe se é masculino e feminino, cada tecido, cada célula, cada nervo, demonstra que o sexo é biológico“, diz o pastor, classificando de covardes, os que apoiam a ideologia de gênero.

Toda civilização humano tá construída em homens fortes, não em maricas. A mulher e família precisam de homens fortes, é isso que trouxe a civilização até aqui.“, pontou Silas Malafaia.

VEJA TAMBÉM
Assista ao pronunciamento do Pr. Silas Malafaia na Marcha Para Jesus RJ 2011

“Querem criticar a Damares, entendam querendo ou não, Bolsonaro foi eleito! Porque a vontade da maioria do povo brasileiro, não quer esse lixo moral de ideologia de gênero. Não querem que deturpem as nossas crianças“. Malafaia, ainda usou o artigo 229, da Constituição que diz que ‘pertencem aos pais, cuidar e educar filhos‘. “Pertencem aos mais a educação moral, segundo as suas convicções”, disse.

Tira mão das nossas crianças!”, diz Silas Malafaia, que parabeniza Damares Alves dizendo: “Parabéns Damares, e você deu um show nesse programa, nessa entrevista, deu um nó nesses jornalistas. Pensaram que iriam pegar uma evangelicazinha burra e ignorante, a mulher é preparadíssima!“, diz Malafaia sobre a participação de Damares, em uma entrevista no Globo News. “Um tremendo preconceito, contra ela. Continue, você representa, a maioria!”.

Malafaia, terminou o vídeo dizendo: “Vou fechar, dizendo mais uma coisa aqui pra você. Azul é cor de menino, Rosa e cor de menina, Laranja é cor de presidiário, e ai pra bom entendedor, Vermelho é cor de jumento, e por causa disso vocês não usam essas cores?…”, diz Malafaia, cutucando o ex-presidente e atual presidiário Lula e defensores do PT.

Damares Alves revela o porque disse que ‘menino veste azul e menina veste rosa’

Damares Alves, que atua como ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro (PSL), tornou-se manchete em todos os sites e rede sociais após dizer em um vídeo que o Brasil vive em uma nova era, onde ‘menino veste azul e menina veste rosa’.

Sua declaração, fez com que ela fosse aplaudida por muitos e criticada por outras muitas pessoas que não concordam com o que ela disse. (continue lendo clicando aqui)

VEJA TAMBÉM
Resposta relâmpago? Kassab cassou o alvará da Igreja Mundial do Poder de Deus e agora foi cassado pela Justiça eleitoral por irregularidades em sua campanha eleitoral

Homossexual defende Damares, por dizer que menino veste azul e menina rosa

O famoso maquiador uruguaio, Agustin Fernandez, que vive no Brasil, embora seja abertamente homossexual, é um ferrenho apoiador do Presidente Jair Bolsonaro. Ele saiu na tarde desta quinta-feira em defesa da Ministrada da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

De uma forma simples, Agustin explicou o que provavelmente Damares quis dizer em um vídeo que se tornou viral nas redes sociais, dizendo que “menino veste azul e menina veste rosa”.

Agustin começa seu texto dizendo: “Bom não sei em qual contexto a Damares disse isso, mas “menino” me remete a criança, não a adulto. Possivelmente seja sobre ideologia de gênero nas escolas.” (clique aqui e leia na íntegra!)

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido