A cantora gospel Gabriela Rocha de apenas 23 anos de idade, nos últimos anos tem se tornado uma das maiores referencias da música gospel no Brasil.

De acordo com seu perfil no site da gravadora Sony Music, Gabriela Rocha com apenas 5 anos, iniciou sua carreira musical na igreja que frequentava, onde participou do primeiro concurso de sua vida, um festival de talentos, sua apresentação agradou muito aos pais, que contrataram um professor particular de canto para a filha.

Em junho de 2005, Gabriela, com 11 anos, se inscreveu para o Jovens Talentos, em um programa de televisão nacional e em maio de 2007 ganhou o concurso. Em março de 2008 fez sua primeira apresentação gospel no quadro “Homenagem ao Artista” a consagrada cantora Aline Barros, tendo grande repercussão no mercado gospel com o vídeo “ O poder do teu amor”, que já passou de três milhões e meio de acessos no youtube. A partir desse programa, passou a participar de todas as homenagens gospel.

No programa do Raul Gil, Gabriela por mais de trinta vezes emocionou o Brasil com sua voz doce e ungida ministrando ao Senhor. Gabriela também participou do CD e DVD ao vivo do cantor Thalles Roberto, que é um fenômeno da música gospel, cantando a canção “Nada Além de Ti”, que é um grande sucesso no Brasil.

Em julho de 2012, ela assinou contrato com a gravadora Sony Music, onde permanece até os dias de hoje, lançando neste mesmo ano o álbum de estreia “Jesus” com produção de Thalles e Fábio Aposan.

Hoje, Gabriela Rocha é um dos nomes fortes da música gospel no Brasil, tendo uma agenda muitíssimo concorrida.

Site sugere que Gabriela Rocha estaria explorando as igrejas ao cobrar cachê alto

No entanto, nem tudo são flores da vida da cantora, pois recentemente um dos mais polêmicos sites gospel do Brasil, O Fuxico Gospel, denunciou o valor cobrado pela cantora para se apresentar nas igrejas do país.

Sem citar nome, a publicação afirma que ao entrar em contato no escritório de Gabriela Rocha, “um rapaz não muito simpático irá te passar esse orçamento; R$ 12 mil reais“, para ela se apresentar nas igrejas.

“Com ele não tem conversa, não baixa um centavo.”, diz a publicação.

“Se você tiver muitos contatos e conseguir de alguma forma falar com a mãe da Gabriela, ela pode conseguir baixar um pouco o preço, mas mesmo assim, para esse ano você não encontrará dia disponível na concorrida agenda da adoradora Gabriela Rocha“, continua a publicação.

A publicação sugere que ao cobrar este valor a cantora estaria explorando as igrejas, como outros cantores que usam como argumento “de que são dignos de salário“. No texto, ainda incita os pastores a começaram a agir como o pastor Otoni de Paula que barrou a cantora Perlla de cantar em sua igreja depois que ela apareceu cantando em roda de pagode.

Internautas se manifestam sobre valor cobrado

No post do site O Fuxico Gospel, várias pessoas se manifestaram sobre o valor cobrado por Gabriela Rocha, “Se ela cobra é porque tem gente pra pagar, seria mais fácil os pastores quando for contratar um cantor perguntar se ela pode ir adorar a Deus e não se ela pode ir como cantora até porque ser cantor ou cantora é uma profissão.”, escreveu Suzane Barboza·

Já o internauta Darlan Palagi, não vê nada demais da cantora cobrar este valor dizendo: “Gente é o trabalho dela! Ela cobra quanto ela quiser! #VãoLavarUmaLouça”

O que você acha sobre este assunto?

COMPARTILHE

Deixe seu comentário!