Suzane von Richthofen e os Nardoni deixam a prisão para saída temporária do Dia dos Pais

Presos por cometerem crimes contra familiares, o casal Nardoni e Suzane von Richthofen deixam a prisão em saída temporária do Dia dos Pais

306

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por ter matado os pais, na manhã desta quinta-feira, 09, deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, para a saída temporária de Dia dos Pais.

Ela foi recepcionada no lado de fora da prisão pelo namorado Rogério Olberg com um beijo, e rapidamente foram até um carro e deixou o local, devendo retornar ao presídio na próxima segunda-feira (13).

O benefício de saída temporária, é concedido a todos os presos de regime semiaberto, que tem bom comportamento. Suzane obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. A primeira saída dela aconteceu em março de 2016, beneficiada pela saída temporária de Páscoa.

Suzane von Richthofen, está tentando a progressão para o regime aberto, onde poderá deixar a prisão e cumprir o restante de pena em liberdade, sob a supervisão do sistema prisional. O seu pedido corre na justiça há aproximadamente a um ano, no entanto ainda não a prazo para que a decisão seja tomada.

Suzane von Richthofen deseja se tornar missionária

No ano de 2017, saiu na imprensa nacional que Suzane von Richthofen, deseja tornar-se missionária evangélica para anunciar o evangelho e dar o testemunho do Senhor.

Segundo site Uol Cotidiano, ela foi acolhida juntamente com seu namorado, pelo pastor Euclides Vieira que passou ajuda-los a tornarem-se missionários na Igreja do Evangelho Quadrangular.

Em seu depoimento o pastor Euclides disse que “Desde que conversei com Suzane, conheci uma outra pessoa. Acredito que ela está mudada…Ela fala olhando nos olhos, se emociona quando ouve sobre o evangelho. Ela me passou confiança de uma recuperação”.

Além de Suzane von Richthofen , a madrasta e o pai de Isabela Nardoni também deixam a prisão

Além de Suzane von Richthofen, outros condenados por crimes que chocaram o Brasil, estão se beneficiando da saída temporária, o casal Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá que cumprem pena pelo assassinato da pequena Isabella Nardoni, deixaram a prisão.

VEJA TAMBÉM  Psicólogo diz que Pedofilia é Orientação Sexual; Magno Malta Contra-ataca

Recentemente eles, pediram ao Supremo Tribunal Federal (STF) a redução de sua pena, Alexandre foi condenado a 30 anos e dois meses de prisão e a madrasta de Isabella a 26 anos e oito meses de prisão.

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.