Templo Satânico saúda Satanás como ‘herói’ no Jardim do Éden

O Templo Satânico de Chicago, foi permitido apresentar uma escultura chamando satã de "herói" próximo a um presépio e outras exibições de natal na capital do estado de Illinois.

O Templo Satânico de Chicago, foi permitido apresentar uma escultura chamando satã de “herói” próximo a um presépio e outras exibições de natal na capital do estado de Illinois.

A escultura de aproximadamente um metro e meio, chamada de “O conhecimento é o maior presente”, e apresenta uma mão estendida de uma mulher segurando uma maçã, com uma cobra enrolada em volta dela, relatou o The State Journal-Register.

O porta-voz do Templo Satânico, Lex Manticore, confirmou que o braço representa o de Eva na história do Gênesis.

“Nós vemos Satanás como um herói nessa história, é claro, espalhando conhecimento”, disse Manticore.

Ele acrescentou que a busca pelo conhecimento é “a maior busca individual de melhorar a si mesmo, e acreditamos que você deve agir basicamente com a melhor compreensão científica do mundo quando toma decisões”.

O Jardim do Éden conta nas posições de Gênesis que Adão e Eva, o primeiro homem e mulher, foram instruídos por Deus a não comer da árvore proibida do conhecimento do bem e do mal. Satanás, que se transforma em uma cobra, engana Eva a morder uma fruta da árvore, e ela, por sua vez, persuade Adão a segui-la.

Como a autora cristã Dorothy Valcárcel observou em um editorial do The Christian Post em dezembro de 2008, Deus “poderia ter deixado o desobediente Adão e Eva para morrer” por desobedecer ao Seu comando e trazer morte e desordem ao mundo.

“No último livro e último capítulo da Bíblia, nos é prometido que a maldição que veio da queda de Adão e Eva no Éden – será quebrada. E isso – queridas filhas e filhos de Eva – é a ‘compulsão’ de Deus, para quebrar a maldição do pecado em sua vida e minha. Por isso, creio de todo coração, que meu amado Pai, quando criou Adão e Eva, plantou uma semente em seus corações”, afirmou Valcárcel.

VEJA TAMBÉM
Presidente do Irã é lobo em pele de cordeiro, diz premiê israelense

Manticore acrescentou que o Templo Satânico não acredita em “nada de sobrenatural”.

“Então, isso não é divindades”, disse Manticore. “Não apenas não adoramos um Satanás literal, mas não acreditamos que realmente exista. Satanás para nós é uma metáfora. Ao longo da história literária, tem sido usada como um personagem que representa a rebelião em face da tirania religiosa”.

A organização tem feito campanha para a Primeira Emenda e a separação de igreja e estado em todo o país. Em agosto, em Arkansas revelou sua estátua da criatura alada de cabeça de bode chamada Baphomet na capital do estado, que atraiu protestos de cristãos.

“Se você vai ter um monumento religioso, então deve estar aberto para os outros, e se você não concordar com isso, então não vamos ter nenhum”, argumentou Ivy Forrester, co-fundadora do Arkansas em Satanics Temple.

Os cristãos no protesto realizaram vários sinais de escrituras bíblicas, incluindo uma citando João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

Deixe a sua opinião!

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido