Muitas vezes ouço os cristãos dizerem que devemos ser mais como a igreja primitiva. E devo admitir que fui um desses cristãos. Afinal, os cristãos do primeiro século se apegam a um conjunto de valores que difere radicalmente da maioria dos cristãos hoje em dia.
Existem várias crenças, que nós na igreja acreditamos ter respaldo bíblicos, sendo que na verdade não tem, são crenças relacionados a fé, confissão de pecados, salvação dízimos e outras.
Como psicóloga, vi o suicídio destruir muitas vidas - inclusive a minha. Meu pai havia tirado a própria vida. Suicídio toca tantas das nossas vidas. Está nas notícias, na nossa comunidade e, muitas vezes, na nossa história familiar.
Um pastor batista que estuda escatologia explorou como o retorno de Jesus Cristo à Terra irá parecer na "mídia saturada e sociedade hiper-conectada".
O maior homem que esteve aqui na terra, se chama Jesus Cristo, mas na Bíblia Sagrada conta-se a história de um outro homem que tem um valor muito enorme.
Ao estudar a Bíblia, uma coisa muito importante, mas muitas vezes negligenciada, é saber a diferença entre tradução e interpretação.
A muitos anos ouvimos falar que Jesus esta voltando, que o arrebatamento está próximo, mas ainda não aconteceu, será que Jesus desistiu? O pastor Greg Laurie explica essa questão tão importante.
Deus ainda esta disposto a realizar em nosso meio curas e milagres sobrenaturais como descritos na Bíblia. Mas afinal porque isso não tem ocorrido em nossas igrejas? Saiba aqui os motivos...
É nesses momentos de aparente inatividade no meio da batalha que nossa fé é verdadeiramente testada.
No próximo dia 20 de janeiro, a constelação de Capricórnio (A Cabra) se move atrás do sol. Afinal qual é a mensagem oculta do evangelho na super lua?

Popular