“Tudo coopera para o bem”, diz pastor que teve a igreja queimada por terroristas

Olhando para cinzas de sua igreja, pastor se lembra das promessas da Palavra de Deus

545


Há pouco mais de cinco anos, mais precisamente em novembro de 2011, o reverendo Aminu Sule estava em seu povoado em Dematuru, estado de Yobe, ao norte da Nigéria, quando militantes islamitas do Boko Haram atacaram a comunidade.

Foram queimadas diversas igrejas e morreram cerca de 200 pessoas. Os milicianos friamente, entraram de casa em casa durante a noite, matando cada cristão que encontravam.

A maioria fugiu, mas Sule, cuja igreja evangélica foi bombardeada e completamente destruída pelo ataque, ficou com sua família.

“Muito de nossos irmãos fugiram, mas eu como pastor não pude fugir e deixar os poucos que ficaram”, disse ele ao Christian Today.

“Muitas pessoas deixaram Dematuru devido os níveis de perseguição, mas eu disse que não, não pode deixar minha igreja, suponha que eu seja a última pessoa em fechar a igreja, se for necessário, não pude deixar minha igreja porque a Bíblia diz: “O Senhor é meu Pastor. Se eu fugir e deixar a minha congregação, que eu vou dizer a eles?. Como eu poderia pregar dependência de Deus?”.

“Eu disse para mim mesmo: ‘Viver é Cristo é morrer é lucro’’. Se eu morresse seria pelo bem da igreja”

Apenas três famílias cristãs permaneceram na aldeia de Sule e seus próprios filhos estavam traumatizadas pelo ataque, dois de seus filhos não comeram durante uma quinzena.

“O bombardeiro e o tiroteio foram como chuva, não parava e isso o assustou cada vez mais”, disse.

“Mas isso os encorajou, até mesmo as crianças, ao saber que Deus está no controle em todas as situações.’

Mas apesar das dificuldades extremas, o pastor Sule disse: “Jesus disse que quem quiser segui-lo deve tomar a sua cruz, não é fácil no norte da Nigéria, mas tem quem está decidido a seguir a Cristo, sem se importar com que possa ocorrer”.

“Na igreja primitiva, os cristãos enfrentaram as perseguições, e também foram capazes de suportar, pela graça de Deus, também temos que permanecer firmes no Senhor, fixar nossos olhos Nele, confiando Nele…”. O Pastor Sule fez questão de lembrar que as Escrituras diz: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”, inclusive a destruição que tem causado a perseguição.

Oremos pela Igreja Perseguida!

Portal Padom

Deixe a sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here