VÍDEO, FOTO: Drone capta imagens impressionantes da “porta do inferno”

A cratera de Darvaza, conhecida mundialmente como a Porta do Inferno, tem 69 metros de largura e 30 metros de profundidade, sua temperatura chega atingir Mil Graus e esta queimando a mais de 40 anos.

O fotógrafo italiano Alessandro Belgiojoso capturou imagens impressionantes em alta definição da cratera Darvaza usando um drone, relatórios Daily Mail. As temperaturas no interior da cratera pode chegar a até 1.000 graus, razão pela qual o drone não poderia ficar muito próximo deste gigante buraco.

A cratera ou poço de Darvaza é um dos lugares mais pitorescos do mundo. Localizado no deserto de Karakum, no Turcomenistão, o “portão do inferno” continua sendo uma fonte de mistérios. “A história da cratera é fascinante” , garante o fotógrafo.

O poço Darvaza foi formado em 1971, quando os geólogos soviéticos realizavam trabalhos de prospecção nesta área, rico em petróleo e gás natural, e descobriram uma caverna que engoliu todo o seu equipamento.

A caverna estava cheia de gás natural e os geólogos decidiram ligá-lo para evitar o envenenamento por gás de seres humanos e animais, pensando que as chamas seriam extintas em poucos dias. No entanto, o fogo permanece ativo por mais de 40 anos. Desde então, a “porta do inferno” atrai turistas de todo o mundo.

Comente

VEJA TAMBÉM
Fotógrafo é processado no Reino Unido por usar igreja para ensaio erótico

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Email:

Nenhum spam garantido