Família de Asia Bibi pede ajuda, ‘não temos nada para comer e ela permanece presa’

Asia Bibi, que a uma semana foi absolvida do corredor da morte, ainda não saiu da prisão e sua família não pode deixar o país, desesperados pedem ajuda, pois estão passando fome.

96

A família de Asia Bibi pediu ajuda à comunidade internacional, dizendo que eles não têm “nada para comer“, pois permanecem presos no Paquistão, junto com a mãe cristã de cinco filhos.

Ajudem-nos a sair do Paquistão. Estamos extremamente preocupados porque nossas vidas estão em perigo. Não temos mais nada para comer, porque não podemos sair de casa para comprar comida”, disse o marido de Bibi, Ashiq Masih, à Catholic Aid.

Como AFP informou que embora Bibi, tenha sido absolvida na semana passada pela Suprema Corte do Paquistão, após oito anos no corredor da morte sob acusação de blasfêmia, ainda permanece na prisão.

Os radicais islâmicos têm protestado contra sua libertação, forçando o primeiro-ministro Imran Khan a concordar com uma revisão de seu caso, o que poderia impedi-la de deixar o país.

Asia Bibi está na prisão de Multan e ainda não foi libertada. Não recebemos ordens para libertá-la até agora”, disse Zawar Hussain Warraich, ministro das prisões na província de Punjab.

Normalmente recebemos ordens em dois dias após o julgamento e se parentes e advogados de um prisioneiro são muito ativos, eles podem trazê-lo mesmo em um dia. Mas, no que diz respeito a Asia Bibi, isso ainda não aconteceu“, acrescentou Warraich.

A Suprema Corte deveria emitir uma diretriz para nos enviar suas ordens de liberação. Vamos liberá-la assim que a conseguirmos.

Saif ul-Malook, advogado de defesa da Ásia Bibi, foi forçado a fugir do Paquistão com medo de sua vida após a decisão.

A família de Bibi pediu apoio a asilos ocidentais e, de acordo com a Reuters, estão sendo discutidas as melhores maneiras de ajudar a mãe de cinco filhos e sua família.

Na terça-feira, o governo da Itália sugeriu que ofereceria ajuda.
Eu quero que mulheres e crianças cujas vidas corram risco possam ter um futuro seguro, em nosso país ou em outros países ocidentais, então farei tudo o que for humanamente possível para garantir isso (para Bibi)“, afirmou o vice-primeiro ministro Matteo Salvini.

“Não é permissível que em 2018 alguém corra o risco de perder a vida por uma hipótese de blasfêmia”, acrescentou.

A ministra das Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, acrescentou que a segurança da mãe cristã é de grande importância.

O Canadá pede ao Paquistão que tome todas as medidas necessárias para garantir a segurança de Asia Bibi e sua família“, disse ela. “O Canadá está preparado para fazer tudo o que pudermos” e está “extremamente envolvido nesta questão“.

Enquanto isso, Masih alertou que a incerteza e o perigo que a família enfrenta está cobrando um preço pesado.

As filhas estão chorando. Elas ainda não viram a mãe. A família está totalmente despedaçada com a situação“, disse o marido de Asia Bibi.

Deixe a sua opinião!